Publicidade

Estado de Minas

Carro atropela sete pessoas na porta de um bar em Juiz de Fora

Vítimas estavam na calçada quando foram atingidas por veículo desgovernado. Motorista contou que se assustou quando o veículo foi atingido por um objeto


postado em 13/09/2018 10:33

Motorista disse que para-brisa do veículo foi atingido por objeto arremessado por pessoas do bar(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Motorista disse que para-brisa do veículo foi atingido por objeto arremessado por pessoas do bar (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Sete pessoas foram atropeladas na porta de um bar na madrugada desta quinta-feira em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista do carro chegou a ser agredido após o acidente e disse que perdeu o controle da direção quando o veículo foi atingido por um objeto. 

A PM foi chamada por volta das 6h para comparecer ao local da ocorrência, na Rua Doutor Romualdo, Bairro São Mateus. Chegando lá, as vítimas já estavam sendo socorridas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros. 

O motorista do carro, um Palio com placas de Matias Barbosa, contou que passava pelo cruzamento da Rua São Mateus com a Rua Doutor Romualdo quando o para-brisa dianteiro foi atingido por um objeto arremessado por frequentadores do bar. O vidro quebrou. Assustado, ele perdeu o controle da direção, atravessou a via e atropelou clientes que estavam na calçada. 

O motorista também disse ter sido agredido por pessoas que presenciaram o acidente, sendo atingido por um soco no olho e copos arremessados contra ele. Os policiais precisaram tirar o motorista do local para que os ânimos se acalmarem. Segundo a PM, ele aceitou fazer o teste do bafômetro, que deu negativo para consumo de álcool. 

Vítimas foram socorridas pelos bombeiros e equipes do Samu(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Vítimas foram socorridas pelos bombeiros e equipes do Samu (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


As sete pessoas feridas têm entre 18 e 55 anos e foram distribuídas entre o Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Juiz de Fora, Santa Casa, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte e Hospital Monte Sinai. As três pessoas atendidas no HPS se encontravam em estado mais grave e duas foram encaminhadas ao bloco cirúrgico. A terceira, que estava na sala de urgência, disse não se lembrar do acidente. Outras duas pessoas que estavam na Upa Norte e uma no Monte Sinai receberam alta antes da chegada da polícia. As demais não puderam prestar depoimento. 

O local do atropelamento foi liberado após a perícia. A PM informou que uma câmera do Olho Vivo em frente ao cruzamento pode ter registrado o acidente. Com o licenciamento atrasado, o veículo foi rebocado para um pátio. Os militares deram voz de prisão em flagrante ao motorista, que foi levado para uma delegacia da Polícia Civil. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade