Publicidade

Estado de Minas

Mulher é morta a facadas em Santa Luzia; autor ameaçou pai da vítima

Segundo a PM, pai viu a filha ferida gritar por socorro na rua e se aproximou para ajudá-la, mas agressor impediu que ele se aproximasse. Com oito perfurações pelo corpo, ela morreu no hospital


postado em 04/09/2018 09:46 / atualizado em 04/09/2018 14:11

Uma mulher de 30 anos foi morta a facadas em uma rua do Bairro Nova Conquista, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime ocorreu na madrugada desta terça-feira e o pai viu a filhar gritar por socorro, mas foi ameaçado pelo autor, que fugiu em uma motocicleta e não havia sido encontrado até o início da manhã. 

Segundo a Polícia Militar (PM), o pai disse que a filha e o homem discutiam constantemente. O boletim de ocorrência não especificou a natureza da relação dos dois. Por volta da 1h45 de hoje, ele encontrou a filha na Rua 10, com perfurações de faca por todo o corpo e gritando por socorro. Ao se aproximar para tentar salvá-la, ele foi ameaçado pelo assassino, que o mandou se afastar porque se chegasse perto iria “furá-lo”. O criminoso fugiu de moto.

A mulher, identificada como Márcia Silva Martins chegou a ser levada por familiares à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito, onde foram realizadas várias manobras de reanimação, mas morreu. Ao todo foram oito facadas nos braços, nuca e no dorso. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Santa Luzia. 

De acordo com a Polícia Civil, o caso está sendo investigado e as testemunhas serão ouvidas. O autor do crime ainda não foi localizado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade