Publicidade

Estado de Minas

Ônibus voltam a circular em Ribeirão das Neves após PM prometer intensificar ações

Os condutores alegaram falta de segurança para cruzar os braços. O retorno às atividades aconteceu após a Polícia Militar (PM) prometer que vai intensificar as operações


postado em 03/09/2018 14:12 / atualizado em 03/09/2018 14:20

Motoristas paralisaram na manhã desta segunda-feira(foto: Reprodução/ WhatsApp)
Motoristas paralisaram na manhã desta segunda-feira (foto: Reprodução/ WhatsApp)

Depois de terem uma manhã de caos e transtornos, moradores de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que dependem do transporte público, tiveram um alívio. Os motoristas voltaram a rodar na região dos Bairros Veneza e Letícia na tarde desta segunda-feira, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano (Sintram). Os condutores alegaram falta de segurança para cruzar os braços. O retorno às atividades aconteceu após a Polícia Militar (PM) prometer que vai intensificar as operações.

No início da manhã desta segunda-feira os motoristas se negaram a deixar as garagens alegando falta de segurança. Segundo o Sintram, os condutores citam que, junto com passageiros, estão sendo vítimas de violência nos trajetos das linhas, especialmente na BR-040. Por isso, solicitaram mais a presença da Polícia Militar em alguns pontos da rodovia.

No fim da manhã, representantes dos motoristas se reuniram com policiais militares e com o integrantes do Sintram. Segundo o Sindicato, no encontro a PM se prontificou a intensificar as operações na região e a se reunir periodicamente com uma comissão de motoristas para acompanhar a situação. “O Sintram esclarece que está ciente da violência que tem acontecido contra trabalhadores do sistema de transporte e ressalta que tanto as empresas associadas quanto o Sindicato estão envidando todos os esforços possíveis junto às autoridades competentes na tentativa de solucionar o problema”, afirmou o Sintram.

De acordo com o Sintram, 135 ônibus voltaram a circular nas regiões dos bairros Veneza e Letícia por volta das 10h30.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade