Publicidade

Estado de Minas

Doente mental surta e abordagem da PM assusta moradores em BH

De acordo com populares, policiais militares agiram com truculência contra o enfermo; instituição nega qualquer irregularidade


postado em 23/08/2018 00:06

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

Moradores do Bairro Sagrada Família, na Região Leste de Belo Horizonte, denunciaram uma abordagem classificada como truculenta da Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira (23). Segundo residentes, sete viaturas da PM chegaram à Rua Itacoatiara, onde golpearam um homem com chutes e socos. A corporação nega que tenha cometido qualquer abuso de autoridade. 

 

Conforme a PM, se tratava de um doente mental que surtou no local. A instituição não soube informar onde o homem morava e nem se havia fugido de algum lugar.

Um comércio próximo à ocorrência afirmou que o homem é um usuário de drogas e sofria com alucinações. Ele gritava chamando pelo nome "Daniele", que seria a mãe do rapaz. Contudo, a versão não foi confirmada nem negada pela polícia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade