Publicidade

Estado de Minas

Adolescente é morto a tiros ao tentar assaltar PM em Contagem

Policial de 22 anos estava acompanhado de um grupo de jovens quando assaltantes se aproximaram. Ele reagiu, atirou contra eles e também foi baleado de raspão


postado em 21/08/2018 12:15 / atualizado em 21/08/2018 14:09



Um adolescente de 15 anos morreu baleado ao tentar assaltar um policial militar, de 22, no Bairro Inconfidentes, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira. O policial também foi atingido, mas de raspão. Um vídeo que mostra o momento dos disparos circula pelas redes sociais. 
Vídeo que circula nas redes sociais mostra momento em que policial reage e atira(foto: Reprodução da internet)
Vídeo que circula nas redes sociais mostra momento em que policial reage e atira (foto: Reprodução da internet)


O crime ocorreu na Rua Coronel Godofredo por volta da 0h45 de ontem. O policial contou que estava acompanhado da namorada e de outros jovens perto do carro dele enquanto decidiam se iriam para uma lanchonete. No local, eles foram surpreendidos por dois homens usando roupas escuras que se aproximaram. Um deles segurava um revólver e apontou para ele, exigindo a chave do carro. O policial reagiu usando a arma particular dele e atirou no assaltante, que posteriormente foi identificado como o menor.

De acordo com a PM, o policial recolheu a arma do suspeito, um revólver calibre 32 com seis munições, sendo que duas estavam deflagradas, para evitar que ele atirasse mais e com o objetivo de entregá-la às autoridades. Ele mandou os amigos correrem para um prédio e percebeu que havia sido atingido na barriga. O policial disse que, muito nervoso e em choque, deixou o local com a namorada e esperou amanhecer para se apresentar no batalhão onde é lotado. 

A polícia foi chamada por moradores que ouviram os disparos na madrugada. A morte do adolescente foi confirmada pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ao todo, ele apresentava nove perfurações pelo corpo. Os disparos atingiram o peito, pescoço, um dos braços e uma das pernas. No local foi recolhidos dois estojos de munição e dois projéteis.

A PM teve acesso a imagens de uma câmera de segurança que mostrava o momento em que um Renault Clio branco parou na Rua João Nogueira e deixou os dois assaltantes, que seguiram a pé até a Rua Coronel Godofredo. No entanto, a câmera não mostrou o momento dos disparos. Uma testemunha também disse ter visto dois carros saírem da rua após os disparos. 

Os policiais fizeram rastreamento e encontraram o Clio branco saindo da Vila da Paz. O veículo foi perseguido e abordado. Uma viatura chegou a bater em um poste durante a operação. O casal que ocupava o Clio disse que levou a dupla ao local a pedido do adolescente que morreu por R$ 20. O motorista contou que atua por um aplicativo. O carro e os celulares dos dois foram apreendidos. 

A ocorrência já havia sido encaminhada à Polícia Civil quando o PM se apresentou no batalhão, por volta das 7h40 de segunda-feira, relatando a tentativa de assalto e entregando a arma que recolheu com o adolescente. Conforme a Polícia Militar, o relato dele foi repassado aos superiores e ele foi levado ao Hospital João XXIII, onde foi atendido e medicado. As demais vítimas também foram acionadas para relatar o caso no batalhão. O caso foi encaminhado a uma delegacia da Polícia Civil em Contagem. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade