Publicidade

Estado de Minas

Engavetamento deixa seis mortos na BR-365

Ocorrência envolveu um caminhão e diversos veículos e se deu no km 602 da rodovia, próximo a Uberlândia, no Triângulo Mineiro


postado em 07/07/2018 07:55 / atualizado em 07/07/2018 12:13

Ver galeria . 6 Fotos Ocorrência envolveu um caminhão e diversos veículos e se deu no km 602 da rodovia, próximo a Uberlândia, no Triângulo MineiroDivulgação/Corpo de Bombeiros
Ocorrência envolveu um caminhão e diversos veículos e se deu no km 602 da rodovia, próximo a Uberlândia, no Triângulo Mineiro (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros )
Um acidente deixou seis mortos e pelo menos seis feridos na manhã deste sábado, no km 602 da BR-365, próximo a Uberlândia, no Triângulo Mineiro. As informações foram repassadas pela sala de imprensa do Corpo de Bombeiros. O trecho está interditado nos dois sentidos.

Segundo o órgão, a causa provável seria um engarrafamento na rodovia, nas proximidades da ponte sobre o rio Araguari, devido a um incêndio nas redondezas. Entretanto, o motorista de um caminhão não conseguiu frear, perdeu o controle do veículo e causou um engavetamento com outro caminhão e quatro carros de passeio. 

 

Entre as vítimas feridas estão três homens, duas mulheres e uma criança de oito anos, que foram transportados em duas unidades de resgaste dos bombeiros. Uma das ambulâncias abrigou uma jovem de 21 anos, com suspeita de hemorragia interna; um homem de 35 anos com traumatismo craniano, dor torácica e contusões; e a criança, que tem escoriações na face e suspeita de fratura no braço direito. 

Já a outra ambulância levou dois homens e uma mulher. Um deles está politraumatizado. Não há informações sobre o estado de saúde das outras duas vítimas. Os dois veículos de resgate se encaminharam ao hospital de pronto-socorro de Uberlândia. Ao receber as vítimas, a estrutura informou que não pode receber mais feridos, em razão de já ter alcançado seu limite, segundo os bombeiros.

As seis pessoas que morreram estão encarceradas. Segundo a sala de imprensa, os militares aguardam o trabalho da perícia para retirar os corpos. 

 

Três viaturas dos bombeiros trabalham no local do acidente, de acordo com a corporação. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também desenvolve atividades no lugar. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade