Publicidade

Estado de Minas

Preso grupo responsável por roubo de carga avaliada em R$ 1 milhão

Segundo a Polícia Civil, os criminosos receberam informações privilegiadas de um funcionário da transportadora, que é sobrinho de um dos donos da empresa. Quadrilha agia há um ano no roubo de cargas


postado em 27/06/2018 16:33 / atualizado em 27/06/2018 17:14

Estimativa é que grupo deu prejuízos de aproximadamente R$ 2 milhões a transportadoras(foto: TV Alterosa / Reprodução)
Estimativa é que grupo deu prejuízos de aproximadamente R$ 2 milhões a transportadoras (foto: TV Alterosa / Reprodução)

Uma quadrilha especializada em roubos de carga está atrás das grades. O grupo é apontado como responsável por roubar eletrodomésticos do caminhão de uma transportadora avaliados em R$ 1 milhão. O crime aconteceu no início deste ano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo investigações da Polícia Civil, os criminosos receberam informações privilegiadas de um funcionário, sobrinho de um dos donos da empresa. Ao todo, seis pessoas foram presas e apresentadas nesta quarta-feira.

As investigações tiveram início em janeiro, logo depois do crime. Segundo a Polícia Civil, os criminosos receberam informações privilegiadas e arquitetaram o roubo. “Descobrimos que as informações levaram a esse roubo. A comunicação foi feita por um funcionário que trabalha na transportadora, que inclusive é sobrinho de um dos donos da empresa”, disse o delegado Sérgio de Melo Andrade.

O funcionário teria passado informações detalhadas sobre a carga e o caminhão que faria o transporte. “Ele informou qual caminhão estava sendo transportada a carga, a quantidade de eletrodomésticos, a rota e, inclusive, chegou a tirar fotos do momento que o caminhão era carregado para mostrar quais eram os eletrodomésticos”, comentou o delegado.

Com os dados repassados pelo funcionário, a quadrilha conseguiu realizar o assalto. Porém, acabaram surpreendidos pela Polícia Militar (PM). “No momento da abordagem, o motorista reagiu ao assalto e tentou correr com a chave do caminhão. Assim, os criminosos tiveram que entrar em luta corporal com ele, e, depois disso, o colocaram dentro do veículo, onde um dos homens  tomou a direção. Algumas pessoas que viram o crime acionaram uma viatura que estava próxima. Assim, a PM conseguiu impedir que o caminhão fosse levado”, explicou o delegado.

No dia do crime,  foi preso  Alexsandro Dornas dos Santos. A Polícia Civil começou a investigar o caso e identificou outros integrantes da quadrilha. Pedidos de prisões foram realizados e autorizados pela Justiça. Foram presos: Guilherme Vinicius de Oliveira, conhecido como "Jabá", Glauber Henrique Lopes, Yuri Gabriel de Oliveira Maria, Luan Robert Machado de Oliveira e Diego César Meira.

“O Guilherme é o líder da quadrilha e mentor intelectual. O Yuri foi quem passou as informações privilegiadas ao Guilherme, e os demais membros participaram efetivamente do assalto”, comentou o delegado.

A polícia já identificou outros crimes cometidos pelo grupo. “Temos certeza que eles estavam agindo nessa modalidade criminosa há um certo tempo. Ao menos um ano. Sabemos de pelo menos dois assaltos que eles estão envolvidos. Um de eletrodoméstico, no valor de R$ 700 mil, e o outro crime em Sete Lagoas, também com roubo a carga”, finalizou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade