Publicidade

Estado de Minas

Apreensão e confiança na vitória do Brasil tomam conta da Savassi

Antes de a bola rolar, algumas pessoas estavam apreensivas e outras festejavam. Os sons das vuvuzelas e apitos ecoam pela capital mineira


postado em 27/06/2018 15:05 / atualizado em 27/06/2018 16:05

Ver galeria . 11 Fotos Cidadão aproveitou fim do expediente após o almoço para viver o clima da Copa do Mundo; deslocamento de pessoas para assistir à Brasil vs Sérvia causou engarrafamento no trânsitoLeandro Couri/EM/D.A Press
Cidadão aproveitou fim do expediente após o almoço para viver o clima da Copa do Mundo; deslocamento de pessoas para assistir à Brasil vs Sérvia causou engarrafamento no trânsito (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press )

O clima de Copa do Mundo chegou em Belo Horizonte. Milhares de pessoas se concentram em diversos pontos da cidade para assistir ao jogo entre Brasil e Sérvia, última partida da fase de grupos. Antes de a bola rolar, algumas pessoas estavam apreensivas e outras festejavam. Os sons das vuvuzelas e apitos ecoam pela capital mineira.

Um dos pontos de maior concentração de torcedores é a Praça da Savassi, na Região Centro-Sul da capital mineira. Milhares de pessoas se reuniram para assistir ao jogo. As camisas amarelas, rostos pintados e  adereços na cabeça enfeitavam um dos pontos turísticos do município.

A confiança toma conta das pessoas presentes na Savassi. A auxiliar de comércio exterior Ana Clara Soares Alvarenga, de 20 anos, acredita na vitória brasileira. Ela destacou a animação dos torcedores.“O clima é maravilhoso. Todo mundo estava na expectativa de vir, porque vai dar Brasil, se Deus quiser”, disse.

Mesmo animada, Ana Clara contou a dificuldade de chegar ao local devido ao congestionamento. “O trânsito estava muito ruim, por isso foi difícil de chegar. Muito agarrado”, reclamou.

Após o primeiro tempo marcado por vitória para o Brasil, o clima na Praça da Savassi é de otimismo. No momento do gol de Paulinho, a comemoração foi com muito barulho e cerveja para o alto.

A adesão a festa na Savassi foi grande. Logo após o fim do primeiro tempo, a organização do evento informou que a capacidade máxima, de 1,8 mil pessoas, foi alcançada. Por isso, as entradas foram fechadas. Muitos espectadores ficaram do lado de fora.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade