Publicidade

Estado de Minas

Ação da PM acaba com apreensão de mais de 150 celulares em shopping popular de BH

Os aparelhos estavam em dois boxes localizados no Shopping Xavantes. Segundo a PM, entre os celulares há produtos de roubos e furtos


postado em 26/06/2018 14:53 / atualizado em 26/06/2018 15:48

Os celulares foram encontrados em dois boxes do Shopping Xavantes(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Os celulares foram encontrados em dois boxes do Shopping Xavantes (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)

O combate a receptação de celulares roubados e/ou furtados vem dando resultado. Operação da Polícia Militar (PM) em um shopping popular de Belo Horizonte terminou com mais de 150 celulares recuperados. Duas pessoas foram presas. Entre os aparelhos, diversos estavam com queixa de terem sido subtraídos de vítimas. A ação visa coibir os crimes que vêm sendo recorrentes na capital mineira. Tanto que o furto de celulares vem aumentando a cada ano. Somente entre janeiro e março último, a média foi de 55,8 ocorrências desse tipo por dia, 27% a mais que no mesmo período do ano passado. Os roubos – casos em que o bem é retirado com uso de violência – tiveram queda no primeiro trimestre, mas mesmo assim a média não é muito diferente: foram 55,3 casos diários no período,

Militares da 6ª Companhia da PM estão realizando constantes ações para coibir os crimes ligados a subtração e receptação de celulares. Na manhã desta terça-feira, uma operação foi montada pelos policiais, que conseguiram apreender 155 celulares. “Com base em informações de uma vítima que teve o celular roubado, conseguimos chegar a dois boxes do shopping Xavantes. Lá, encontramos os aparelhos, R$ 850 em dinheiros, um notebook, e uma balança de precisão”, explicou o major Cláudio Henrique Ribeiro dos Santos. Duas pessoas que estavam no local foram presas. Os nomes não foram divulgados.

Em uma avaliação inicial feita pelos policiais, já foram identificados celulares que foram frutos de roubos ou furtos. “Já tem vários aparelhos, após a nossa checagem, sinalizados com furtos e outros por roubo. O material será encaminhado para o Ceflan (Central de Flangrantes da Polícia Civil). Pessoas que foram vítimas de roubos ou furtos, devem procurar a 4ª delegacia de Polícia Civil para verificar se alguns dos números listados no B.O consiste com o aparelho deles.  Não temos como fazer essa distinção e averiguar cada um”, disse o major.

Os dois homens presos não quiseram passar informações sobre como conseguiram os celulares. Eles foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, para a delegacia.

Mais apreensão


Na semana passada, uma outra ação da PM, em conjunto com a fiscalização integrada da Prefeitura de Belo Horizonte, terminou com a apreensão de 115 celulares, três notebooks e nove tablets, que eram produtos de receptação. Sete pessoas foram presas. O material foi encontrado no Shopping Uai.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade