Publicidade

Estado de Minas

Termina greve do metrô em Belo Horizonte e viagens recomeçam no sábado

Categoria decidiu voltar ao trabalho após TST marcar julgamento do dissídio de 2017. Nova assembleia foi marcada para terça-feira


postado em 01/06/2018 12:18 / atualizado em 01/06/2018 18:27

Categoria votou pelo fim da greve do metrô nesta sexta-feira(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
Categoria votou pelo fim da greve do metrô nesta sexta-feira (foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)

Metroviários de Belo Horizonte votaram pelo fim da greve da categoria durante uma assembleia realizada no fim da manhã desta sexta-feira no Centro da capital. Os trens voltam a circular normalmente na madrugada de sábado. Hoje o transporte funcionou entre 5h30 e 9h30.

Segundo o diretor jurídico do Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), Robson Zeferino Gonçalves, os trabalhadores decidiram voltar ao trabalho após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) marcar o julgamento do dissídio da categoria, de 2017, para 11 de junho. Os metroviários reivindicam o retorno das negociações salariais. A última proposta da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) não foi aprovada por eles.

Segundo Gonçalves, as atividades no metrô serão retomadas no começo sábado. Na próxima terça-feira, haverá uma nova audiência dos metroviários a partir das 17h na Estação Central. 
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)

Nesta semana, o desembargador Márcio Vidigal, primeiro vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), deferiu a liminar impetrada pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e determinou o retorno do metrô. Ele estipulou uma escala mínima em que 80% dos trens devem circular entre 5h30 e 10h e das 16h às 20h. Nos outros horários, deve manter 60% das viagens. A multa pelo descumprimento da medida é de R$ 300 mil. Na quarta-feira, dia 30, o Sindimetro-MG disse que ainda não havia sido notificado da decisão. Assim, as estações continuaram fechadas ontem. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade