Publicidade

Estado de Minas

Ônibus de BH circularão nesta sexta-feira com horário de domingo

Linhas metropolitanas funcionarão com quadro de sábado


postado em 24/05/2018 18:47 / atualizado em 24/05/2018 19:55


Com estoque crítico de combustível, os ônibus da capital mineira vão circular com quadro de horários de domingo nesta sexta-feira. O anúncio foi feito pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH), no início da noite desta quinta-feira, e confirmado pela BHTrans. Para acessar ao quadro de horários, clique aqui.

(foto: Ramon Lisboa/EM/DA Press - 9/6/17)
(foto: Ramon Lisboa/EM/DA Press - 9/6/17)


De acordo com o Setra-BH, haverá reforço nas linhas troncais que operam nas estações Venda Nova, Pampulha, Diamante e Barreiro ao longo do dia. Por meio de nota, o sindicato destacou que "a adoção do quadro de horários de domingo visa assegurar o deslocamento dos usuários aos locais de trabalho e retorno a seus lares com a maior facilidade possível na atual circunstância". 

Nesta quinta-feira, o quadro de horários das viagens de ônibus da capital mineira já havia sido cortado em 50% fora dos horários de pico. Entretanto, neste sexta-feira, 60% da frota estará nas ruas da capital. O Setra-BH não divulga a estimativa de estoque, mas extraoficialmente representantes de empresas do ramo sustentam que a maioria tem combustível disponível para no máximo dois dias.

Em nota, a BHTrans explicou que a mudança dos horários das viagens se deu "em virtude da redução dos estoques de combustíveis nas empresas operadoras, e do anúncio de ponto facultativo pelos governos municipal e estadual" e que haverá redução de cerca de 45% no número de viagens feitas em um dia útil. 

Grande BH


Na Grande BH, no entanto, as viagens serão feitas conforme quadro de horários de sábado. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano (Sintram) informou que, conforme essa mudança, haverá uma redução de cerca de 40% da frota. "O Sintram lamenta o cenário da falta de combustíveis gerada pelas paralisações e conta com a compreensão dos usuários do transporte coletivo por eventuais transtornos causados", explicou o sindicato.

* Estagiários sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade