Publicidade

Estado de Minas

Obras da Via 710 fecham trecho de via no Bairro Santa Inês, em BH

Previsão é de que a Rua Conceição do Pará fique interditada por quase 4 meses


postado em 19/04/2018 11:58 / atualizado em 19/04/2018 14:24

(foto: Arte/EM )
(foto: Arte/EM )

Mais uma etapa das obras da construção da Via 710, que vai ligar as avenidas do Andradas e Cristiano Machado, interditam completamente, desde a manhã desta quinta-feira, o trecho da Rua Conceição do Pará, entre a Rua Minduri e a Avenida José Cândido da Silveira, no Bairro Santa Inês, na Região Leste da capital.

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), o trecho da interdição está sinalizado com faixas de tecido para orientação aos motoristas, que será reforçada com a atuação dos agentes da Unidade Integrada de Trânsito, composta por BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal. 

Durante o fechamento de parte da rua, o trânsito será desviado nos dois sentidos. Confira a operação:

  • Sentido Bairro/Centro – Rua Conceição do Pará, Alça de acesso à Rua Gustavo da Silveira (que irá operar em mão dupla), Rua Gustavo da Silveira sob viaduto da Avenida José Cândido da Silveira, alça de acesso à Avenida José Cândido da Silveira à esquerda, Avenida José Cândido da Silveira, Avenida Cristiano Machado.
  • Sentido Centro/Bairro – sem alteração;
  • Sentido Bairro / Centro (para veículos que se dirigem no sentido Sabará, bairro Fernão Dias e bairro Dom Joaquim) – Rua Conceição do Pará, Alça de acesso à Rua Gustavo da Silveira (que irá operar em mão dupla), Rua Gustavo da Silveira sob viaduto da Avenida José Cândido da Silveira, Alça de acesso à Avenida José Cândido da Silveira à direita, Rua Conceição do Pará, Rua Marcelino Ferreira, Rua Lauro Gomes Vidal.

A PBH ainda informou que o ponto de ônibus no trecho interditado será relocado para a Rua Gustavo da Silveira, 60 metros à frente do local atual. O acesso/saída do transporte coletivo à Estação José Cândido da Silveira continuará sendo realizado sem alterações.

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura informou que interdição irá durar 140 dias, o que equivale a quase 4 meses.

Via 710 

(foto: Arte/EM )
(foto: Arte/EM )
A Via 710 promete o acesso entre as regiões Leste e Nordeste de Belo Horizonte – mais precisamente entre as avenidas dos Andradas e Cristiano Machado. A nova via deve contemplar a melhoria da mobilidade urbana e do planejamento de sistema de transportes da capital, atendendo às necessidades de deslocamento de moradores que utilizam o transporte coletivo.
 
O sistema deve interligar bairros como São Geraldo, Boa Vista, Sagrada Família, Fernão Dias, Santa Inês, Cidade Nova, Palmares, Dom Joaquim, São Marcos, São Paulo e União, interligando as avenidas dos Andradas e Cristiano Machado. De acordo com a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), o projeto contou com investimento de R$ 71 milhões.

Os trabalhos começaram em setembro de 2014, com estimativa inicial de conclusão para o final de 2016, e o prazo foi reprogramado – e não cumprido – para dezembro de 2017. De acordo com a autarquia, o cronograma foi reprogramado em função do andamento dos processos judiciais de desapropriação e remoções, além de adequações de projetos e implantação de sinalização.
 
No último balanço, divulgado pela Sudecap em novembro, o número de desapropriações previstas caiu para 22. Porém, o número de remoções judiciais necessárias havia aumentado para 49, sendo que 10 imóveis já foram liberados e o restante encontram-se em processo. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade