Publicidade

Estado de Minas

MG-353 é liberada dois dias após carreta pegar fogo e matar motorista

O veículo, carregado com carga perigosa, pegou fogo nessa segunda-feira. O trânsito voltou a fluir na estrada por volta das 9h


postado em 18/04/2018 13:45 / atualizado em 18/04/2018 13:54

A rodovia foi liberada por volta das 9h desta quarta-feira(foto: Polícia Militar Rodoviária (PMRv) / Divulgação)
A rodovia foi liberada por volta das 9h desta quarta-feira (foto: Polícia Militar Rodoviária (PMRv) / Divulgação)

Foi liberado nesta quarta-feira o trânsito na MG-353, entre Juiz de Fora e Coronel Pacheco, Zona da Mata, depois de dois dias interditada devido a um acidente com uma carreta. O veículo, carregado com carga perigosa, pegou fogo nessa segunda-feira. O motorista morreu carbonizado. O trânsito voltou a fluir na estrada por volta das 9h.



A pista não foi totalmente liberada. Parte da via continua interditada. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) colocou cones no asfalto para servir de orientação para os motoristas. A corporação também alerta para que os condutores tenha cautela, pois ainda há areia na MG.

Uma equipe do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) esteve no local para uma avaliação. Não houve danos ambientais. Um manancial que passa próximo não foi atingido.

O acidente aconteceu nessa segunda-feira. A carreta, com placas de Ubá, pegou fogo. O corpo do condutor foi encontrado carbonizado na cabine do veículo. Bombeiros resfriaram o tanque da carreta para que a pressão interna fosse baixada e, assim, evitado o risco de explosão. O combate às chamas durou cerca de uma hora e foram gastos aproximadamente 12 mil litros de água, segundo a corporação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade