Publicidade

Estado de Minas

Morre universitária que caiu de carroceria de caminhonete em Minas

O corpo de Arielly Lacerda, de 20 anos, será velado em Mato Verde, na Região Norte de Minas Gerais


postado em 16/04/2018 13:12 / atualizado em 16/04/2018 18:20

Acidente aconteceu na quarta-feira e jovem morreu nesse domingo(foto: Reprodução Facebook)
Acidente aconteceu na quarta-feira e jovem morreu nesse domingo (foto: Reprodução Facebook)

Será velado em Mato Verde, na Região Norte de Minas Gerais, na tarde desta segunda-feira, o corpo da universitária Arielly Lacerda, de 20 anos, que morreu na noite de domingo, na Santa Casa de Montes Claros. Ela caiu de uma caminhonete na madrugada de quarta-feira. O sepultamento foi marcado para a manhã de terça-feira, no cemitério da cidade.



O acidente aconteceu na Praça Vereador Geraldo Clemente Alves, no Centro de Mato Verde. De acordo com informações de testemunhas, a universitária havia retornado junto com colegas de faculdade de uma calourada na zona rural do município. Após permanecer por um tempo em um bar, o grupo de amigos deixou o local em uma caminhonete. Arielly, que estava na carroceria do veículo, caiu quando o motorista fez uma conversão. O acidente foi filmado pela câmera de um estabelecimento comercial.

A universitária bateu com a cabeça no meio-fio e teve traumatismo craniano. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Inicialmente, ela foi atendida no hospital de Mato Verde. Depois, foi transferida para a Santa Casa de Porteirinha e para o Hospital Regional de Janaúba. Ainda na tarde de quarta-feira, foi levada em estado grave para a Santa Casa de Montes Claros, que confirmou que a jovem morreu às 18h30min de domingo.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o condutor da caminhonete, de 20 anos, não possuía carteira de habilitação e vai responder a processo por homicídio culposo - sem intenção de matar. A   pena varia de dois a quatro anos de prisão, podendo ser aumentada pelo fato de o autor não ser habilitado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade