Publicidade

Estado de Minas

Após perseguição e capotamento, PM prende ladrões que atiraram contra viatura na Avenida Brasil

Grupo tinha roubado veículo há quatro dias em Sabará e estava tentando cometer roubos nos bairros Funcionários e Santa Efigênia, Centro-Sul de BH


postado em 07/04/2018 08:27

Veículo ficou destruído após capotamento na Rua Antônio Aleixo, Bairro de Lourdes(foto: Jair Amaral/EM/D.A PRESS)
Veículo ficou destruído após capotamento na Rua Antônio Aleixo, Bairro de Lourdes (foto: Jair Amaral/EM/D.A PRESS)
Quatro homens com passagens na polícia por crimes diversos foram presos no fim da madrugada deste sábado pela Polícia Militar após atirarem contra uma viatura na Avenida Brasil, nos limites dos bairros Funcionários e Santa Efigênia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

De acordo com o major Paulo Henrique Cardoso, comandante da 3ª Companhia do 1º Batalhão da PM, os militares receberam informações de que um veículo Gol com quatro homens estava rodando na área da 3ª Cia e seus ocupantes estavam tentando cometer roubos na região. Eles teriam feito uma tentativa na Praça Tiradentes, mas a vítima conseguiu fugir e avisou a polícia.

Na altura da Avenida Brasil, uma viatura interceptou o grupo e deu ordem de parada, mas eles não respeitaram e ainda atiraram contra os policiais, que revidaram a agressão e iniciaram uma perseguição.

Quando os bandidos chegaram na Rua Antônio Aleixo, em frente ao número 232, eles bateram em outro carro e capotaram o veículo, momento em que foram presos pela PM. Os quatro se feriram com o impacto da batida e foram encaminhados ao Hospital João XXIII.

Daniel Costa Aguiar, de 30 anos, tem passagens por receptação. Hugo Rodrigues de Souza Fernandes, 18, já foi preso anteriormente por roubo e porte ilegal de arma de fogo. Roberto Carlos Veloso Júnior, de 20 anos, foi quem efetuou o disparo contra a viatura e também já tem passagens por roubo e porte de arma. O último preso é Kelmerson Arthur Aganete, 18 anos, que já tinha sido detido por tráfico e porte de arma de fogo de uso restrito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade