Publicidade

Estado de Minas

Detran define prazo para o licenciamento de veículos em 2018; veja

O Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG) definiu que o documento deve ser regularizado pelos proprietários de placas com final 1, 2, 3,4 e 5, até 30 de junho. Já para os finais 6,7,8, 9 e 0, o prazo é 31 de julho


postado em 05/04/2018 14:01 / atualizado em 05/04/2018 16:29


Os motoristas devem ficar atentos aos prazos para renovar o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) deste ano. O  Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG) definiu que o documento deve ser regularizado pelos proprietários de placas com final  1, 2, 3,4 e 5, até 30 de junho. Já para os finais 6,7,8, 9 e 0, o prazo é 31 de julho. Vale lembrar, que conduzir veículo que não esteja registrado e devidamente licenciado é considerado infração gravíssima. Além de perder sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o condutor tem que pagar multa de R$ 293,47, e o automóvel é removido.

O veículo é considerado licenciado, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), somente depois que o  Imposto de Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), o Seguro Obrigatório, o  Licenciamento e multas, são quitados. Segundo o Detran, somente em Minas Gerais, há mais de 9,2 milhões de veículos registrados e em condições para serem licenciados. Porém, ainda há pendências em aproximadamente 53% dos automóveis.

Os pagamentos dos tributos pode ser realizado nas redes bancárias credenciadas ou, ainda, por meio de parcelamento em cartão de crédito nos postos credenciados ao Detran-MG. O órgão ressalta que se o documento não chegar após o prazo máximo estipulado, os donos de veículos devem fazer a consulta no sistema do Departamento para verificar se há algum impedimento.

O CRLV será enviado para o proprietário por meio dos Correios, com Aviso de Recebimento (AR), assim que os débitos forem quitados. Após três tentativas de entrega não realizadas, o documento será encaminhado para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI), nos municípios onde existem estes postos. Nas demais cidades, o documento fica disponível ao proprietário do veículo nas Delegacias de Trânsito.

Os proprietários que não receberem o documento, podem consultar a situação do veículo no site do Detran.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade