Publicidade

Estado de Minas

Quadrilha que roubou carros em bairros de classe média de BH é presa com drogas

Em ação de militares do Batalhão Rotam, com equipes da Rocca, foram apreendidos cerca de 200 quilos de skunk como os bandidos, alem de armas de fogo


postado em 25/03/2018 20:29 / atualizado em 26/03/2018 09:24

Vídeo flagrou ação de assaltantes no Barroca na semana passada(foto: Reprodução da internet/Youtube/Portal Uai)
Vídeo flagrou ação de assaltantes no Barroca na semana passada (foto: Reprodução da internet/Youtube/Portal Uai)
Uma quadrilha que estava aterrorizando moradores de bairros de classe média de Belo Horizonte, com abordagens violenta para roubar veículos, foi presa neste domingo por militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam). Na noite da quarta-feira, os bandidos apareceram em imagens de câmeras de segurança rendendo um motorista de um Etios no Barroca, Oeste da capital. Na manhã do dia seguinte, os bandidos renderam uma mulher no Bairro Liberdade, Pampulha, e levaram o Honda HRV dela.

Depois de levantamentos, os policiais militares da Rotam chegaram na tarde deste domingo aos criminosos na Rua Santo Agostinho, no Sagrada Família, Leste de BH. Foram presos seis integrantes do bando e com eles três revólveres, uma pistola e uma réplica da mesma arma.

Cinco homens e uma mulher foram detidos no domingo(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Cinco homens e uma mulher foram detidos no domingo (foto: Polícia Militar/Divulgação)


Drogas e armas apreendidos pela polícia na ação(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Drogas e armas apreendidos pela polícia na ação (foto: Polícia Militar/Divulgação)


Durante os levantamentos, os militares ainda apreenderam cerca de 200 quilos de skunk, que é uma cannabis de odor mais forte e com maior poder alucinógeno. O grupo foi levado para a Central de Flagrantes (Ceflan) 1, por tráfico de drogas, posse ilegal de armas e roubo de veículos, já que um Fiesta usado por eles nos assaltos foi recuperado.

Veja os vídeos dos roubos dos veículos








Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade