Publicidade

Estado de Minas

Homem é linchado por ter sido apontado como estuprador em Betim

Com ferimentos pelo corpo, homem foi largado sem vida em matagal na Avenida Juiz Marco Túlio Isaac, no Bairro Nova Baden


postado em 23/03/2018 20:21

Policiais da Delegacia de Homicídios de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vão investigar as circunstâncias da morte de V.A.N, de 37 anos, que teria sido linchado. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira, na Avenida Juiz Marco Túlio Isaac, no Bairro Nova Baden.

De acordo com a Polícia Militar, por meio do telefone 190 foi informado que um homem estava sendo espancado no local. Quando os militares chegaram ao local, constataram que a vítima estava caída em um matagal, aparentemente sem os sinais vitais. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamada e constatou o óbito. Foi constatado no corpo dele vários ferimentos, sugerindo que tenha sido submetido a uma sessão de tortura. 

Em levantamentos com moradores da área, os PMs apuraram de V. foi espancado por um grupo de pessoas não identificadas, já que ele seria o autor de vários estupros de mulheres no bairro. Uma jovem, que foi atacada na manhã do domingo (18) ao ver o corpo reconheceu como o do homem que a violentou.

De acordo com ela, o criminoso a teria ameaçado com uma faca e ainda exibiu um documento que autorizou sua saída da prisão. Os peritos, ao verificarem o corpo, encontraram um alvará de soltura, documentos e uma pequena quantidade de dinheiro. No matagal foi apreendida uma faca, que seria a mesma usado pelo tarado para render suas vítimas. Uma outra mulher reconheceu o morto com sendo o estuprador que também a estuprou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade