Publicidade

Estado de Minas

Mulher com sinais de embriaguez e CNH suspensa bate em carro de PM em BH

Segundo a corporação, a motorista se negou a fazer o teste do bafômetro e informou que sabia da suspensão da habilitação


postado em 23/03/2018 08:29 / atualizado em 23/03/2018 12:21

Depois da batida, HB20 capotou e motorista foi retirada do veículo por populares(foto: Leonardo Alvarenga/ Divulgação )
Depois da batida, HB20 capotou e motorista foi retirada do veículo por populares (foto: Leonardo Alvarenga/ Divulgação )
Uma mulher com sinais de embriaguez e que estava com a carteira de habilitação suspensa bateu no carro de um policial militar na noite dessa quinta-feira na Rua Oscar Trompowiscky, Bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte. 

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, a mulher, de 53 anos, dirigia um HB20 e bateu na traseira de um Jeep Renegade, do soldado da PM, que estava estacionado na rua. Após a batida, a condutora perdeu o controle da direção e capotou o veículo. 

O soldado acionou a Polícia Militar que foi ao local e verificou que a mulher estava com hálito etílico, olhos avermelhados e fala desconexa, características de embriaguez. Contudo, segundo a PM, a motorista não quis fazer o teste do bafômetro.

Ainda conforme o BO, a carteira de habilitação da mulher estava suspensa e ela informou aos militares que tinha consciência da irregularidade.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi à rua, mas a motorista negou atendimento. Ela foi retirada do veículo por populares sem ferimentos. 
Carro do soldado estava estacionado na rua e foi atingido pelo HB20 (foto: Leonardo Alvarenga/ Divulgação )
Carro do soldado estava estacionado na rua e foi atingido pelo HB20 (foto: Leonardo Alvarenga/ Divulgação )
 

O soldado não estava no carro no momento da batida e não se feriu. Militares fizeram dois autos de prisão em flagrante para a mulher, por dirigir embriagada e com a carteira de habilitação suspensa. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade