Publicidade

Estado de Minas

Sargento da PM é morto com tiro na cabeça durante assalto em Uberaba

Segundo a corporação, o militar estava aposentado para tratamento de um câncer e voltava de São Paulo, onde realizou exames, quando foi morto


postado em 21/03/2018 09:32 / atualizado em 21/03/2018 10:31

Militar estava aposentado e fazia tratamento contra um câncer (foto: Polícia Militar/ Divulgação )
Militar estava aposentado e fazia tratamento contra um câncer (foto: Polícia Militar/ Divulgação )
Um sargento aposentado da Polícia Militar foi morto com um tiro na cabeça após reagir a um assalto na BR-050, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O militar retornava de São Paulo com outro agente, depois de fazer exames para tratamento de um câncer. 

De acordo com a PM, o sargento Gilmar de Oliveira, de 51 anos, estava em um carro na companhia de um outro militar. Na altura do Bairro Alvorada, o veículos em que os agentes estavam foi atingido por tiros por volta de 2h15. 

Os policiais desceram do veículo e atiraram contra dois homens armados que seguiram atirando. Um dos disparos atingiu a cabeça do sargento Gilmar de Oliveira. O militar foi socorrido ao Hospital das Clínicas por uma viatura da corporação que estava na região, mas após dar entrada na unidade, sofreu duas paradas cardíacas e morreu. O outro militar que estava no veículo não sofreu ferimentos.

O sargento Gilmar de Oliveira era lotado na 4ª companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar, pertencente à 5ª Região, em Uberaba.

A PM informou que uma operação de cerco e bloqueio foi montada desde a madrugada na região dos bairros Alvorada, Chica Ferreira, Valim de Melo e Jardim Itália, mas nenhum suspeito foi localizado e preso. 

O helicóptero da corporação é utilizado e viaturas fazem rondas nas ruas dos bairros. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade