Publicidade

Estado de Minas

Temporal provoca danos em casas, pontes e inundações em cidades mineiras

Em Materlândia, na Região do Rio Doce, a prefeitura vai decretar situação de emergência. Duas pontes foram levadas pela água. Em Itabira, na Região Central, residências foram danificadas durante a chuva forte


postado em 23/02/2018 15:18 / atualizado em 23/02/2018 15:24

Barrancos deslizaram em vários pontos da cidade(foto: Prefeitura de Materlândia/Divulgação)
Barrancos deslizaram em vários pontos da cidade (foto: Prefeitura de Materlândia/Divulgação)

Cidades mineiras vêm sofrendo para mitigar os danos depois de serem atingidas por uma forte chuva nessa quinta-feira. Em Materlândia, na Região do Rio Doce, a prefeitura vai decretar situação de emergência. O temporal fez rios transbordar e a água atingiu casas, comércios e provocou danos em uma quadra poliesportiva. Duas pontes foram destruídas. Já em Itabira, na Região Central de Minas Gerais, residências ficaram alagadas e sofreram danos estruturais.

Ver galeria . 18 Fotos Prefeitura de Materlândia/Divulgação
(foto: Prefeitura de Materlândia/Divulgação )


O temporal que atingiu Materlândia começou por volta das 19h dessa quinta-feira e durou aproximadamente duas horas. Tempo suficiente para provocar diversos estragos. “Foi muito forte. Segundo a Copasa, choveu 116 milímetros. Registramos muitos estragos, mas graças a Deus não tivemos vítimas”, afirmou Regina Coeli Marques Ferreira, secretária de Governo.

Segundo Regina, casas foram danificadas, assim como duas pontes e um ginásio poliesportivo. “Tivemos que retirar cinco famílias que moram em área de risco. A cidade é muito montanhosa, por isso temos várias residências em pontos críticos. Elas receberam um aluguel social e já estão provisoriamente em outros imóveis até que seja feito obras na casa delas”, explicou.

A situação mais crítica são na estrada que liga o Centro da cidade até a distritos. Duas pontes caíram e vários barrancos deslizaram. “Está sendo providenciado desvio em uma estrada que só passa carros baixos. Vamos abrir esse caminho e cascalhar para que as crianças não fiquem sem aula. Os estudantes são dos distritos do Turvo e Córrego do Zadão”, afirmou a secretária.

Desde o início da manhã desta sexta-feira,  máquinas estão nas ruas para retirar o barro e a sujeira que foram levadas pela água do temporal. A rede de esgoto não aguentou a força da água em alguns pontos e também cedeu. A Prefeitura contratou mais funcionários para ajudar na limpeza. “Vamos decretar situação de emergência. Os rios transbordaram e provocaram esse estrago”, finalizou Regina.



Itabira


Os moradores de Itabira, na Região Central de Minas Gerais, foram surpreendidos pelo temporal no fim da tarde de quinta-feira. Um canal que corta o Centro da cidade transbordou e ruas ficaram alagadas. A enxurrada também invadiu casas e provocou danos. Algumas residências foram destelhadas com a força do vento. O em.com.br entrou em contato com a Prefeitura para saber um balanço dos estragos durante a chuva forte. Porém, foi informado que os agentes da Defesa Civil ainda estão nas ruas para avaliar os danos.


Previsão de mais chuva


A população que vive em Minas Gerais deve se preparar para mais chuva neste fim de semana. A frente fria que atua no estado desde o início da semana vai continuar deixando o tempo instável. Pancadas de chuva estão previstas para sábado e domingo e o céu permanecerá nublado em todo o estado, de acordo com o instituto PucMinas/TempoClima.

A instabilidade se estende ao início da próxima semana, também com previsão de precipitações. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, as temperaturas variam entre 17 e 26 graus e a umidade relativa do ar fica em torno de 65% durante o fim de semana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade