Publicidade

Estado de Minas

Suspeitos de matar soldado em Montes Claros são baleados em troca de tiros com a PM

O policial Temistocles Machado da Fonseca Júnior, de 30 anos, foi morto depois de reagir a um assalto na madrugada desta segunda-feira. Duas armas foram apreendidas com os suspeitos


postado em 19/02/2018 14:21 / atualizado em 19/02/2018 15:00

Militar foi morto depois de reagir a assalto na madrugada desta segunda-feira(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Militar foi morto depois de reagir a assalto na madrugada desta segunda-feira (foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma troca de tiros entre policiais militares e dois suspeitos de matarem um soldado da PM em Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais, acabou com os dois homens baleados. A ação aconteceu no Bairro Santos Dumont. Duas armas de fogo foram apreendidas com a dupla. Os dois morreram ao dar entrada na Santa Casa da cidade. O policial Temistocles Machado da Fonseca Júnior, de 30 anos, foi morto depois de reagir a um assalto na madrugada desta segunda-feira.

De acordo com as primeiras informações da PM, durante as buscas para chegar aos autores do assassinato, os policiais receberem denúncias indicando sobre a possível localização dos criminosos. Ao chegarem no Bairro Santos Dumont, abordaram os dois suspeitos e houve troca de tiros, que terminou com a dupla baleada. Os dois foram socorridos para um hospital da cidade. A Polícia Militar de Montes Claros confirmou que a troca de tiros e que os suspeitos foram baleados. Eles foram levados para a Santa Casa da cidade, que confirmou as mortes. Uma nota será emitida pela corporação ainda nesta segunda-feira.

O assassinato do soldado aconteceu nesta madrugada e foi flagrada por câmeras de segurança do restaurante onde ele estava. Testemunhas contaram que, por volta de 1h30, o soldado Machado Junior estava em um conhecido restaurante na Avenida Deputado Esteves Rodrigues (Avenida "Sanitária), na Região central da cidade. Um homem de capacete, armado com um revólver, chegou ao local, anunciou o assalto e roubou celulares de fregueses que estavam sentados em mesas do estabelecimento.



As imagens das câmeras mostram o soldado Machado Junior reagindo e tentando desarmar o criminoso. Os dois brigam e o soldado acaba sendo baleado três vezes. Os tiros acertaram a perna direita, virilha e o peito do militar. O autor fugiu na garupa de uma moto conduzida por um comparsa, que já aguardava por ele.

O policial Temístocles Machado Junior foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e levado para o Pronto-Socorro da Santa Casa de Montes Claros. Ele morreu ao dar entrada no hospital. Ele trabalhava no destacamento da PM em Jaíba (na mesma região) e estava de folga em Montes Claros. A família dele seria de Pirapora, também no Norte de Minas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade