Publicidade

Estado de Minas

Homem morre com suspeita de febre amarela em Barbacena

Vítima era morador de Ouro Branco e estava internado, desde o último sábado, no hospital Regional de Barbacena


postado em 29/01/2018 10:41 / atualizado em 29/01/2018 11:03


Um homem de 41 anos morreu nesse domingo em Barbacena, Região Central de Minas Gerais, com suspeita de estar contaminado pelo vírus da febre amarela. Este é o quarto óbito registrado na cidade em 2018 que será investigado pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). 

De acordo com uma nota assinada pelo Secretário Municipal de Saúde, José Orleans da Costa, a vítima morava em Ouro Branco, mas estava internado em estado grave no Hospital Regional de Barbacena desde o último sábado. 

A equipe médica constatou que o homem teve falência múltipla dos órgãos e febre hemorrágica. O material clínico foi colhido e enviado para a Fundação Ezequiel Dias, que vai confirmar ou não o diagnóstico de febre amarela.  

Regional de Barbacena em situação emergência 

Agora, com a morte desse domingo, Barbacena tem quatro óbitos em investigação por suspeita de febre amarela. A regional de saúde da cidade, inclusive, está no decreto de situação de emergência que foi assinado pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, no dia 20 de janeiro e alterado no dia 25.

Ao todo, o estado já contabiliza, oficialmente, 25 mortes pela doença, 47 casos confirmados e 99 em investigação, de acordo com o informe epidemiológico da Secretaria de Estado e Saúde (SES/MG), divulgado na última terça-feira. 

O número de óbitos, no entanto, já chega em 26. Na sexta-feira, a Secretaria de Saúde de Belo Horizonte confirmou a terceira morte na cidade por febre amarela e, essa atualização, deverá ser publicada no próximo boletim epidemiológico da SES, previsto para esta terça-feira. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade