Publicidade

Estado de Minas

Mais dois gatos são encontrados mortos no Gutierrez; agora são 15 felinos em um mês

Animais foram encontrados nas ruas Benjamin Jacob e Fernando Feio. Mortes começaram em 26 e 27 de dezembro


postado em 26/01/2018 18:11 / atualizado em 26/01/2018 19:33

Na última quarta-feira, a ONG denunciou a matança de mais três gatos. Ontem, encontraram mais dois(foto: Movimento Mineiro pelos Direitos Animais/Divulgação)
Na última quarta-feira, a ONG denunciou a matança de mais três gatos. Ontem, encontraram mais dois (foto: Movimento Mineiro pelos Direitos Animais/Divulgação)
Mais dois gatos e um gambá foram encontrados mortos no Bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte. Com isso, estima-se que 15 animais foram mortos no mesmo local, de acordo com o Movimento Mineiro pelos Direitos Animais (MMDA). A Polícia Civil já investiga o caso.

Os animais foram achados nas ruas Benjamin Jacob e Fernando Feio, onde outros gatos foram encontrados mortos. Só nesta semana já foram cinco felinos. Todos com suspeita de envenenamento. Segundo a protetora e voluntária do MMDA, Daniela Pereira Moreira, os animais são comunitários. "As mortes começaram em 26 e 27 de dezembro. Podemos chamar de chacina. Cada um que vai, é uma perda para a comunidade", contou.

Além de felinos, pombos e gambás foram encontrados mortos. O caso já foi levado à polícia. Testemunhas já foram ouvidas e imagens de circuito de segurança estão sendo analisadas para identificar a autoria.

 Envenenar configura-se como crime ambiental previsto na Lei federal 9.605/98, art. 32 e Lei MG 22.231/2016. Vale ressaltar que quem pratica ato de abuso, maus tratos, que fere e/ou mutila animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos pode ser penalizado com detenção de três meses a um ano e multa. Daniela conta que os vizinhos estão apreensivos.

"Além dos gatos, os moradores ficam prejudicados. Muitos estão deixando de sair com os animais pois estão com medo. O envenenamento não necessariamente é direto, pode ter sido colocado na grama, por exemplo", disse a protetora.

 Saiba como agir

De forma geral, os sintomas mais comuns nas intoxicações por venenos em cães e gatos são: salivação excessiva, misturada ou não com vômitos; mudança brusca de comportamento e apatia; fortes tremores musculares ou fraqueza, o animal pode não conseguir ficar de pé; e apresentar sangue na urina ou diarreia.

Caso seu animal de estimação apresente estes sintomas, procure imediatamente um veterinário. Segundo Daniela, para retardar a ação da substância tóxica e ganhar tempo para levar o animal ao veterinário é recomendado o uso do carvão vegetal ativado, que é facilmente encontrado em farmácias. (Com Silvia Pires*)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade