Publicidade

Estado de Minas

Prefeitura começa cadastro para indenizações de vítimas da tragédia de Janaúba

Vítimas serão atendidas a partir de amanhã. O prazo final para o requerimento administrativo da indenização é 29 de janeiro


postado em 24/01/2018 12:23 / atualizado em 24/01/2018 12:32

(foto: Luiz Ribeiro/EM/DA Press - 8/10/2017)
(foto: Luiz Ribeiro/EM/DA Press - 8/10/2017)


A prefeitura de Janaúba, Norte de Minas Gerais, anunciou que vai começar, nesta quinta-feira, o cadastro das vítimas diretas da tragédia na Creche Gente Inocente, incendiada por um vigia em outubro do ano passado. Quatorze pessoas morreram, entre elas, 11 crianças. A última faleceu neste mês no Hospital João XXIII. Outras 40 pessoas ficaram feridas.

Segundo a prefeitura, as pessoas deverão comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Norte), que fica na Rua Osvaldo Aranha, número 95, Bairro Padre Eustáquio, com os seguintes documentos: 

- Certidão de nascimento, certidão de óbito, cédula de identidade ou outro documento comprobatório de parentesco com a vítima
- Sumário de alta ou declaração de internação hospitalar
- Relatório médico de lesão ou internação
- Receituário de medicações prescritas à vítima
- Comprovante de endereço

As vítimas cujos nomes começam com as letras de A a J deverão comparecer ao CRAS Norte amanhã, dia 25, das 14h às 17h. Já as pessoas com nomes iniciados com as letras K a Z serão atendidas na sexta-feira, dia 26 de janeiro, das 7h às 13h. “O dia 29/01 é o prazo final e improrrogável para requerimento administrativo da indenização”, explica a prefeitura de Janaúba.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade