Publicidade

Estado de Minas

Tiroteio com feridos termina com menor detido na Pedreira Prado Lopes

Menor, de 16 anos, tem passagens pela polícia e já se envolveu, conforme a PM, em ocorrência de incêndio em ônibus


postado em 22/01/2018 11:20 / atualizado em 22/01/2018 12:10

Um tiroteio entre duas gangues que disputam o controle do tráfico de drogas na Pedreira Prado Lopes, Região Noroeste de Belo Horizonte, terminou com duas pessoas baleadas e um adolescente de 16 anos apreendido na madrugada desta segunda-feira. 
 
O menor, segundo a Polícia Militar (PM), tem grande histórico criminal e já se envolveu em ocorrências de incêndio a ônibus na capital mineira. De acordo com o boletim de ocorrência, moradores do aglomerado denunciaram à PM que integrantes de duas gangues, Carmo do Rio Claro e Zé da Horta, estavam em confronto na rua Araribá e que diversos tiros eram disparados. 

Viaturas do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) foram à Pedreira Prado Lopes e militares fizeram buscas pelos aglomerado. Testemunhas contaram aos policiais que um dos envolvidos no tiroteio tinha fugido e se escondido em um beco do aglomerado. 

Quando foram ao local indicado, policiais encontraram o suspeito que tentou fugir, mas acabou detido. Uma arma foi jogada em um terreno, mas o revólver de calibre .40 foi apreendido. Policiais verificaram que o suspeito teria 16 anos e ele confirmou aos militares que participou do tiroteio. No histórico criminal do menor, além da ocorrência de incêndio em coletivos, também constam crimes de roubo e infrações de trânsito. 

Duas pessoas que não foram identificadas ficaram feridas no tiroteio e foram levadas ao Hospital Odilon Behrens. Segundo a Polícia Militar, o estado de saúde dos baleados é estável e as munições atingiram as pernas de uma das vítimas e a região genital do outro ferido. 

O menor apreendido foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional, no Barro Preto, Centro-Sul de Belo Horizonte. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade