Publicidade

Estado de Minas

Seis são detidos por sequência de assaltos no Bairro Caiçara

Uma das vítimas teve a bolsa e o celular roubados. Outra conseguiu fugir antes de entregar os pertences. Entre os envolvidos estão dois adolescentes


postado em 16/01/2018 09:12 / atualizado em 16/01/2018 09:17

Quatro adultos e dois adolescentes foram detidos suspeitos de envolvimento em uma série de assaltos na noite de segunda-feira no Bairro Caiçara, Região Noroeste de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), eles foram detidos já na madrugada de hoje e foram reconhecidos pelas vítimas. Uma das mulheres detidas tinha um mandado de prisão em aberto no estado do Rio de Janeiro. 

Após denúncias de que pelo menos dois homens e uma mulher em um Fox de cor escura estavam praticando assaltos no bairro, militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) começaram a patrulhar a região. Por volta das 0h20, eles encontraram um veículo com as características repassadas parado na Avenida Pedro II. 

Ao revistar o carro, eles encontraram uma réplica de arma, escondida sob um dos bancos, e uma bolsa feminina que pertencia a uma das vítimas. Um homem de 26 anos acabou detido em um bar nas proximidades depois que o motorista do carro revelou que ele havia vendido o celular da vítima para ele. O aparelho, vendido por R$ 200, foi encontrado debaixo da mesa de sinuca do estabelecimento. Cartões da vítima teriam sido jogados na lixeira do banheiro de um posto de combustíveis. 

Ao todo foram detidos três suspeitos de 15, 18 e 26 anos e outras três jovens com 15, 18 e 28 anos. A mais velha, segundo a PM, tinha um mandado de prisão em aberto na cidade de Nova Iguaçu (RJ). Não há informações sobre o crime que ela teria cometido no estado vizinho. 

A polícia conseguiu localizar a dona dos produtos roubados e uma outra jovem que conseguiu escapar correndo de uma tentativa de assalto. Conforme a polícia, elas reconheceram o grupo detido. Eles foram levados para a Delegacia de Orientação e Proteção à Criança e Adolescente (Dopcad). O veículo onde eles estavam foi apreendido. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade