Publicidade

Estado de Minas

Córrego transborda, inunda ruas e afeta 53 famílias em Oliveira

Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e a prefeitura da cidade se reuniram para definir ações emergenciais. Prefeita decretou estado de calamidade pública e 18 famílias ficaram desalojadas


postado em 04/01/2018 19:46 / atualizado em 04/01/2018 23:26

 

(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Uma forte chuva na tarde desta quinta-feira deixou estragos em Oliveira, Região Centro-Oeste de Minas Gerais, após um córrego, que passa pela Avenida Maracanã, transbordar e inundar ruas próximas à via. Moradores dizem que a chuva começou por volta das 15h30.  De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram pelo menos três horas de chuva forte na cidade.

Para a empresária Geralda Ribeiro, de 49 anos, ver o transbordamento do córrego foi "aterrorizante". "As ruas laterais ficaram inundadas e os carros, boiando. Teve carro que até caiu dentro do córrego. Eu nunca vi isso na minha vida! Oliveira nunca viveu isso", contou a moradora. 

Ainda segundo os militares, a prefeita de Oliveira, Cristine Lasmar (PMDB) se reuniu com a Defesa Civil, a Polícia Militar e outras autoridades para definir ações de emergência. Sete viaturas e 15 bombeiros estão empenhados para atender as ocorrências. 

Em vídeo publicado pela Prefeitura de Oliveira em sua conta no Facebook, Cristine diz que decretou calamidade pública na cidade para que os problemas sejam resolvidos com mais rapidez. "Estamos muito preocupados com a situação em que Oliveira se encontra devido à forte chuva das últimas horas", disse a prefeita, que informou que as providências estão sendo tomadas para acolher os desabrigados. 

Segundo Cristine, a prefeitura municipal recebeu grande número de doações de alimentos e roupas e a campanha de arrecadação foi encerrada, diante da quantidade de material arrecadado, que será direcionado às família necessitadas.

Foram atendidas 53 famílias pela prefeitura e bombeiros, sendo que 18 ficaram desalojadas e seguiram para casa de parentes. Outras 18 foram orientadas a deixar seus imóveis, mas preferiram ficar. O abrigo montado na Escola Djalma Pinheiro Chagas não precisou ser usado até fim da noite. Não houve registro de feridos.



PREVISÃO DO TEMPO A previsão meteorológica para a a região, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é de céu encoberto a nublado com pancadas de chuva nesta sexta-feira. A temperatura mínima está prevista em 18ºC, enquanto a máxima em 30ºC. 

Para todo o estado, o Inmet diz que o tempo segue instável em decorrência de áreas com instabilidade atmosféricas. Por isso, previsão para Minas Gerais é de céu encoberto e nublado, com possibilidade de pancadas de chuva e trovoadas isoladas. Além da Região Oeste, poderão receber a chuva com maior intensidade as regiões Noroeste, Central Mineira, Metropolitana, Zona da Mata e Rio Doce. 


*Sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade