Publicidade

Estado de Minas

Agentes penitenciários impedem fuga de três presos na Penitenciária Nelson Hungria

Uma investigação foi aberta para apurar as circunstâncias da ação dos detentos


postado em 30/12/2017 13:25 / atualizado em 30/12/2017 13:32

Tentativa de fuga aconteceu na madrugada desta terça-feira(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Tentativa de fuga aconteceu na madrugada desta terça-feira (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

Um procedimento interno foi aberto para apurar a tentativa de fuga de detentos neste sábado na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A ação dos presos foi contida por agentes penitenciários. Em 19 de dezembro, três detentos fugiram do local usando uma corda feita com lençóis.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), a tentativa de fuga aconteceu por volta das 5h30. Os agentes flagraram três detentos tentando deixar a unidade e conseguiram contê-los. “A direção-geral da unidade instaurou um procedimento interno para apurar as circunstâncias da tentativa de fuga e o Juiz da Vara de Execuções Penais da Comarca de Contagem será comunicado oficialmente sobre o fato”, explicou a secretaria.

Neste mês, outros três detentos tiveram êxito na fuga. No dia 19, por volta das 5h, agentes penitenciários faziam ronda na unidade, quando encontraram uma corda feita com lençóis pendurada em um muro do presídio. As celas e os pavilhões foram vistoriados e foi notada a falta de três detentos. Fernando Raimundo de Souza, de 31, Felipe Moreira Quirino, de 26 e Thales Viana Rodrigues, de 32 anos.

Um Registro de Evento de Defesa Social (REDS) foi registrado pela Polícia Militar e, de acordo com a Seap, a direção da Nelson Hungria instaurou uma investigação na unidade para apurar a fuga dos detentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade