Publicidade

Estado de Minas

Policiais perseguem e trocam tiros com bandido em avenida de BH

Motorista e outros dois ocupantes tentaram fugir de abordagem da PM. Um deles desembarcou e atirou contra os policiais, que revidaram


postado em 23/12/2017 12:37 / atualizado em 23/12/2017 13:08

Segundo a PM, carro é clonado e foi roubado em um assalto no mês passado(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Segundo a PM, carro é clonado e foi roubado em um assalto no mês passado (foto: Polícia Militar/Divulgação)
Uma abordagem terminou em troca de tiros entre policiais militares e um suspeito na manhã deste sábado na Avenida Tereza Cristina, Bairro Prado, na Região Oeste de Belo Horizonte. O homem foi baleado e acabou preso. Outras duas pessoas que estavam no carro, que era clonado, conseguiram fugir. 

O caso ocorreu pouco antes das 9h. Segundo a PM, militares do 16º Batalhão suspeitaram dos ocupantes de um Voyage vermelho, que se assustaram ao ver a presença da polícia. Eles fizeram um sinal para o motorista, que parou quando o semáforo estava fechando. No entanto, quando os policiais se aproximaram, ele arrancou. 

O veículo prosseguiu por alguns metros, quando um dos suspeitos desembarcou e atirou duas vezes contra os policiais, que revidaram. Ele saiu correndo e teve início uma perseguição. O veículo continuou, mas os outros dois ocupantes também desembarcaram  e fugiram a pé. Eles não foram localizados. 

Como o apoio de guardas municipais, os policiais encontraram o responsável pelos disparos escondido na área da Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável (Asmare). Atingido por um disparo no ombro direito, ele foi levado para o Hospital João XXIII. Enquanto fugia, ele jogou a arma de fogo na rua. 

Ainda segundo a Polícia Militar (PM), dentro do carro abandonado foi encontrada uma pistola semiautomática. O selo da placa do veículo estava rompido mas, pelo chassi, os policiais descobriram que o carro era clonado e foi levado em um assalto ocorrido em 14 de novembro. A ocorrência foi registrada na delegacia do Detran.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade