Publicidade

Estado de Minas

Incêndios que destruíam o Parque do Rola-Moça são controlados

Depois de um longo trabalho, que contou com mais de 30 pessoas, três focos de queimadas foram controlados. Dois deles foram em áreas de mananciais


postado em 15/09/2017 16:21 / atualizado em 15/09/2017 16:31

Militares tiveram trabalho para conter às chamas(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Militares tiveram trabalho para conter às chamas (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Militares do Corpo de Bombeiros e brigadistas continuam de prontidão no Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, entre Belo Horizonte e Brumadinho, para evitar que novos incêndios florestais atingem a unidade de conservação. Depois de um longo trabalho, que contou com mais de 30 pessoas, três focos de queimadas foram controlados. Dois deles foram em áreas de mananciais. As causas ainda estão sendo apuradas, mas há suspeita de terem sido criminosos.

Ao todo, foram três focos de incêndio combatidos dentro do parque nesta sexta-feira. Eles estavam nas regiões do Manancial do Barreiro, um próximo ao posto de comando, e outro próximo ao condomínio Retiro das Pedras. As chamas foram controladas por volta das 15h10.

O primeiro foco começou nas proximidades do Manancial do Barreiro. Ainda de madrugada, os militares e brigadistas iniciaram o combate. Por volta das 6h30, o vento aumentou e, com o aumento do calor ao longo da manhã, a situação se complicou um pouco. Enquanto as equipes estavam mobilizadas nesta ocorrência, bombeiros do posto de comando, que fica dentro do parque, passaram por um susto.

“Por volta das 11h45, uns 300 metros atrás da sede da brigada, surgiu um grande foco que avançou rapidamente. Equipes que estavam em ação no Manancial Barreiro, tiveram que ser reposicionadas rapidamente. Alguns veículos tiveram que ser retirados do local para evitar danos pelo calor do fogo”, afirma o major Anderson Passos, do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad).

Outro fogo avançou pelo Bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, próximo ao Condomínio Retiro das Pedras. As chamas também foram debeladas pelos militares e brigadistas. “Vamos manter a vigilância em todo o parque, em especial nos mananciais Barreiro e Pitangueiras. A prontidão vai permanecer”, explicou Passos.

Corpo encontrado

Por volta das 8h30, os militares informaram que encontraram um o corpo abaixo do pontilhão na região do Manancial do Barreiro. A pessoa usava calça jeans azul e moleton azul claro. A vítima não foi identificada. O local foi isolado e a perícia foi chamada. A Polícia Militar (PM) assumiu a guarda do local.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade