Publicidade

Estado de Minas

Exame confirma morte de macacos por febre amarela no Sul de Minas

Quatro animais foram recolhidos no Bairro Remédios, na zona rural. Pessoas que ainda não foram vacinadas devem procurar imunização, pede Secretaria de Saúde


postado em 01/09/2017 12:46 / atualizado em 01/09/2017 13:07

Macacos foram encontrados mortos em 4 de agosto em um bairro da zona rural de Gonçalves(foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)
Macacos foram encontrados mortos em 4 de agosto em um bairro da zona rural de Gonçalves (foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)
Quatro macacos morreram de febre amarela em Gonçalves, no Sul de Minas Gerais.  A confirmação veio por meio de uma nota divulgada pela prefeitura da cidade nessa quinta-feira. Moradores e visitantes que não se imunizaram são orientados a procurar unidades de saúde para se vacinar.

Os macacos foram encontrados mortos em 4 de agosto no Bairro Remédios, na zona rural de Gonçalves. Uma amostra foi encaminhada a Pouso Alegre e de lá para Belo Horizonte, onde os exames foram realizados. O resultado saiu no último dia 30.

Na nota, a Secretaria Municipal de Saúde da cidade esclarece que a confirmação da febre amarela “significa que o vírus está circulando na mata e existe o risco de transmissão para pessoas não vacinadas que adentrem estas áreas”. A prefeitura também alerta a população de que os macacos não são transmissores da doença. “Os macacos não transmitem febre amarela para o homem e não são os responsáveis pela transmissão da doença. Eles sõa indicadores importantes para a vigilância da febre amarela, por adoecerem primeiro. A transmissão ocorre através de mosquitos infectados”.

Diante do quatro, a Secretaria pede que a população que reside ou trabalha em Gonçalves busque a Unidade Básica de Saúde (UBS) para se vacinar, caso ainda não tenha se imunizado. O farmacêutico da Prefeitura de Gonçalves, Getúlio de Souza Rosa, informa que a cidade não tem registros de febre amarela humana e que a maior parte da população foi imunizada, mas muita gente tem buscado a vacina. “Teve muita procura ontem e hoje, de pessoas de outros estados que moram em Gonçalves ou que vieram pasar o fim de semana e souberam da notícia”, diz. “O estoque da vacina está com quantidade além do esperado e, a Regional, que é Pouso Alegre, já tem mais estoque. Se faltar, procuramos”, informou.

Quem for visitar Gonçalves e não estiver vacinado, precisa se imunizar pelo menos 10 dias antes da viagem. Ainda segundo ele, a vacinação vem sendo divulgada nas pousadas da cidade, com panfletagem, e nos meios de comunicação locais.

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde  de Minas Gerais (SES), até 22 de agosto foram registradadas 1.696 notificações da doença. Destas, 475 foram confirmadas. Somente neste ano, 162 pessoas morreram de febre amarela.

Veja a nota distribuída pela prefeitura em Gonçalves
(foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)
(foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)

(foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)
(foto: Prefeitura de Gonçalves/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade