Publicidade

Estado de Minas

Guerra entre gangues na Serra faz mais uma vítima: jovem é torturada

Mulher de 18 anos é resgatada por policiais com cabeça raspada, cortes e hematomas pelo corpo. Oito pessoas foram detidas


postado em 30/08/2017 23:00 / atualizado em 30/08/2017 23:35

Uma jovem de 18 anos foi torturada por bandidos armados no início da noite desta quarta-feira no Aglomerado da Serra, na Região Centro-Sul. Ela levou diversas pancadas, socos, chutes e sua cabeça foi raspada. A mulher, que não teve a identidade divulgada, foi resgatada por policiais e levada consciente para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). Oito pessoas foram detidas, entre elas três menores.

De acordo com a Polícia Militar, as agressões teriam relação com a briga entre gangues "Pau Comeu" e "Del Rey". Os militares informaram que receberam uma denúncia anônima dizendo que uma mulher estava sendo agredida em uma praça no Bairro Nossa Senhora da Aparecida.

Quando chegaram ao local, os policiais encontraram a jovem muito machucada e em estado de choque. As investigações apontam que um adolescente de 15 anos a chamou na porta de casa para que ela fosse até uma praça próxima. Ao chegar, ela foi surpreendida por vários homens que a cercaram. O grupo a agrediu com pedaços de pau, chutes e socos.

Segundo as investigações da PM, os traficantes colocaram uma arma na boca da jovem e a ameaçaram de morte caso ela se encontrasse novamente com integrantes da gangue rival.

 Na noite desta quarta-feira, a polícia iniciou as buscas pelos criminosos. Até o momento, oito pessoas foram detidas, sendo cinco adultos e três adolescentes. Eles foram encaminhados para a Centro Integrado de Atendimendo ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA) do Barro Preto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade