Publicidade

Estado de Minas

PM apreende armas e prende dois homens em operação na Cabana do Pai Tomás

Confronto entre as gangues 'Sala Vip' e 'São José' está assustando moradores do aglomerado, desde a última quarta-feira


postado em 18/08/2017 09:47 / atualizado em 18/08/2017 10:49

Uma operação de combate ao tráfico de drogas na madrugada desta sexta-feira na Cabana do Pai Tomás, aglomerado da Região Oeste de Belo Horizonte, terminou com três armas de fogo e 150 pinos de cocaína apreendidos, além de dois homens detidos. 

Segundo informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, denúncias anônimas relataram que as gangues “Sala Vip” e “São José”, que disputam o tráfico de drogas na região da Cabana do Pai Tomás, estavam em confronto pela morte de um integrante da “São José”, na última quarta-feira, no Bairro Nova Cintra, próximo ao aglomerado. A vítima foi executada com , com 12 tiros.

Ainda conforme o BO, o executor do homem seria o líder da facção “Sala Vip”, o que intensificou os confrontos. Moradores da região relataram ainda que, desde a última quarta-feira, os criminosos estavam andando armados pelas ruas do aglomerado e chegavam a ameaçá-los.

Durante a operação nesta madrugada, ao se aproximar da região pertencente à gangue “Sala Vip”, os policias avistaram dez homens em um beco e deram ordem de parada ao grupo. O pedido não foi respeitado e o bando correu atirando contra os policiais, que revidaram a ação, mas ninguém ficou ferido. Na correria, os integrantes da facção deixaram cair uma arma de fogo e 150 pinos de cocaína também foram encontrados no beco. 

De acordo com a Polícia Militar, um outro grupo foi visto logo após ao primeiro. Os criminosos, assustados com a chegada dos militares, correram em direção a um bar e deixaram duas armas caírem. Um homem de 37 anos, que estava junto ao bando fugitivo, foi detido e informou que correu por estar comprando cocaína, mas que não era integrante da gangue.

Um outro suspeito, de 27 anos, foi detido dentro do bar e informou que também não participava da gangue e que já estava no estabelecimento antes da chegada do grupo. 

Ao todo, foram apreendidas três revólveres, um de calibre nove milímetros e doiss de calibre 380, além dos 150 pinos de cocaína. Os detidos e todo o material apreendido foi levado para a Central de Flagrantes 3 (Ceflan) da Polícia Civil.

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade