Publicidade

Estado de Minas

Missa na Serra da Piedade reúne cerca de 10 mil jovens, dizem organizadores

Neste ano, a romaria dos jovens ganha um destaque maior já que se completam 250 anos de peregrinação ao topo da Serra da Piedade, onde fica a ermida barroca que guarda a imagem da padroeira de Minas


postado em 15/08/2017 12:38 / atualizado em 15/08/2017 12:45

Jovens dos 28 municípios da Arquidiocese de Belo Horizonte participam da celebração(foto: Beto Novaes/EM/DA Press)
Jovens dos 28 municípios da Arquidiocese de Belo Horizonte participam da celebração (foto: Beto Novaes/EM/DA Press)
Milhares de jovens participam nesta terça-feira no Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, Região Metropolitana de Belo Horizonte, da 22ª Peregrinação da Juventude, promovida pela Arquidiocese da capital. Neste ano um dos pontos altos foi o momento de oração pela paz na Síria, comandado pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo. O arcebispo rezou também pela paz na Venezuela e pelo fim da crise no Brasil. 

Neste ano, a romaria dos jovens ganha um destaque maior já que se completam 250 anos de peregrinação ao topo da Serra da Piedade, onde fica a ermida barroca que guarda a imagem da padroeira de Minas. Às 11h30, o arcebispo dom Walmor iniciou a missa com a presença do reitor do santuário, o padre Fernando César do Nascimento, e de outros padres. Antes da celebração houve a reza do terço com a participação de caravanas de jovens dos 28 municípios da Arquidiocese de BH. Segundo os organizadores, a estimativa de público é de 10 mil pessoas, 2 mil a mais do que o esperado, tendo em vista que chegaram à serra 117 ônibus, 17 a mais do que em 2016. Também entram neste número romeiros que vieram de carro, de moto e em vans.

Um caravana de jovens do Bairro Juliana, na Região Norte de BH, subiu a pé a Serra da Piedade. Entre eles está o músico Gustavo Marttir, de 24 anos, que levava seu violão. Ele disse que estava muito feliz por participar da celebração e não sentiu nenhum cansaço.  Um dos momentos mais bonitos da celebração ocorreu às 10h35:  a chegada do andor com a imagem de Nossa Senhora da Piedade, que é uma réplica da escultura de Aleijadinho que fica no altar da hermida.

NOSSA SENHORA DA BOA VIAGEM
Os católicos da capital celebram, hoje, a padroeira Nossa Senhora da Boa Viagem, com uma programação especial que inclui missas, procissão e muitas orações. De acordo com informações da Mitra Arquidiocesana, haverá mobilização, a partir das 16h30, na Praça da Rodoviária, no Centro, para a oração do Terço. Às 17h, a procissão luminosa com a imagem da padroeira seguirá para o Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem. Às 18h, na praça em frente ao templo, o arcebispo metropolitano dom Walmor Oliveira de Azevedo celebrará missa.

Nossa Senhora da Boa Viagem é uma denominação de Maria, a Mãe de Jesus, muito comum em Portugal e no Brasil. No país europeu, é a padroeira dos navegantes. No Brasil, Nossa Senhora da Boa Viagem se tornou, graças à fé dos tropeiros que transportavam carga pelo interior do país, protetora dos viajantes. Há 300 anos, fiéis renovam sua devoção na região onde hoje está a capital, que completará 120 anos em 12 de dezembro. Nossa Senhora da Boa Viagem foi reconhecida oficialmente pela Igreja como a padroeira da capital em 1932, pelo papa Pio XII.

Confira celebrações marcadas para hoje na capital e em Caeté:

» BELO HORIZONTE

7h, 8h30 e 11h – celebrações eucarísticas na Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem (Rua Sergipe, 175, no Bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de BH)
10h – Oração pela Paz na Síria –
Praça da Liberdade
16h30 – Oração do Terço, na Praça da Rodoviária
17h – Procissão luminosa
18h – Celebração especial, na Praça da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, presidida por dom Walmor Oliveira de Azevedo


» SERRA DA PIEDADE (Caeté)

8h – Acolhida
9h – Caminhada até a ermida da Padroeira de Minas Gerais
9h – Adoração na Igreja das Romarias
9h – Oração na Cripta São José
10h30 – Oração pela paz na Síria
11h – Missa presidida por dom Walmor Oliveira de Azevedo, na Praça Cardeal Motta (em frente à ermida)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade