Publicidade

Estado de Minas

Avião da PM sofre acidente durante pouso em Teófilo Otoni

Dois militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o piloto estavam na aeronave e não se feriram


postado em 08/08/2017 11:09 / atualizado em 08/08/2017 16:01

(foto: Polícia Militar/Divulgação)
(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Um avião operado pela Polícia Militar de Minas Gerais se acidentou durante o pouso no aeroporto de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, na manhã desta terça-feira.

A aeronave tem a identificação do Previncêndio, força-tarefa do Governo de Minas para atuar no combate a incêndios florestais na época da seca.

O socorro foi prestado por militares do Corpo de Bombeiros da cidade e todos os tripulantes passam bem. As primeiras imagens do local indicam que a aeronave foi parar fora da pista.

De acordo com o tenente-coronel Olímpio Garcia, comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), dois militares da unidade estavam na aeronave, além do piloto, e se encaminhavam para uma missão do batalhão na cidade do Vale do Mucuri.

Informações preliminares dão conta de que houve uma falha no trem de pouso da aeronave, modelo Cessna 210L, ocasionando a saída de pista e danificando o conjunto de hélices e a chapa inferior da fuselagem.

O prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira (PT), gravou um vídeo no aeroporto da cidade, enquanto esperava o governador Fernando Pimentel (PT) para inaugurar uma escola, e mostrou o avião acidentado. "O avião saiu da pista e está na área de escape do aeroporto", disse o prefeito no vídeo.


O incidente com o avião acabou atrasando em duas horas a chegada do governador Fernando Pimentel a cidade. Pimentel chegaria á cidade as 9h30, mas acabou pousando 13h30. O governador presidiu a inauguração do prédio da Escola Estadual da comunidade de Laginha, distante 15 quilômetros da área urbana. Ele já deixou Teófilo Otoni.

Em nota, a Polícia Militar informou que os militares que estavam na aeronave iriam ao município de Padre Paraíso para desarmar explosivos na cidade. 

"O Cesna 210 da Esquadrilha Guará - operados pela PMMG, fez um pouso brusco com saída de pista no aeródromo de Teófilo Otoni. Não houve feridos. Danos materiais relativos ainda serão apurados. O SERIPA 3 (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) e seguradora acionados, para apurar o sinistro e todas as demais informações serão passadas oportunamente.Graças à Deus todos passam bem. A missão da tripulação era trasladar dois militares do Esquadrão AntiBombas do BOPE  (PMMG) para desarmar explosivos localizados no município de Padre Paraíso. Após o ocorrido, militares do BOPE seguiram para o cumprimento da missão."

 

*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade