Publicidade

Estado de Minas

BR-267 é liberada na Zona da Mata depois de mais de 60 horas fechada

Queda de carreta com 45 mil litros de etanol em ribanceira às margens da via colocou em risco o trânsito no local. Operação de retirada do veículo envolveu cuidados especiais, já que cerca de 10 mil litros ficou no tanque


postado em 05/08/2017 17:26 / atualizado em 05/08/2017 19:16

Operação complexa foi realizada para retirada do veículo diante do risco de explosão(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Operação complexa foi realizada para retirada do veículo diante do risco de explosão (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Depois de quase 65 horas, foi liberada no fim da tarde deste sábado a BR-267, estrada União Indústria, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Desde às 23h da quarta-feira a via estava interditada nos dois sentidos, devido a queda de uma carreta tanque carregada com 45 mil litros de etanol.

Diante do risco de explosão, uma operação complexa foi montada envolvendo Corpo de Bombeiros e funcionários de uma empresa especializada para o transbordo de parte do produto que ficou no reservatório. Cerca de 30 mil litros de etanol vazaram, mas não houve registro de danos a cursos de água.

O risco de incêndio que poderia resultar em uma explosão tornou obrigatório o fechamento da via. Durante os trabalhos para transbordo de carga e retirada da carreta, desde a quinta-feira, militares dos bombeiros precisaram intervir duas vezes em começo de incêndios.

O acidente aconteceu na quarta-feira e, de acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista da carreta, que tinha abastecido no Rio de Janeiro e seguia viagem até o Espírito Santo, contou que perdeu o controle da carreta depois que o condutor de um caminhão, à sua frente, em baixa velocidade, freiou bruscamente. Na ribanceira em que o tanque parou o terreno é de pedra e o risco de faísca ao movimentar o veículo era grande.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade