Publicidade

Estado de Minas

Homem faz ameaças com facão na Savassi e acaba contido pela Guarda Municipal

Os guardas utilizaram uma arma de choque para conter o homem. A arma branca e uma bucha de maconha foram apreendidas


postado em 03/08/2017 13:33 / atualizado em 03/08/2017 14:16

Objeto usado pelo homem para ameaçar os pedestres(foto: Guarda Municipal / Divulgação)
Objeto usado pelo homem para ameaçar os pedestres (foto: Guarda Municipal / Divulgação)

Comerciantes e pedestres que passaram pela Savassi, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, no início da tarde de quarta-feira passaram por um susto. Um homem, de 55 anos, ameaçava, com um facão, pessoas que trafegavam pela Rua Antônio de Albuquerque com Paraíba. Guardas municipais tiveram que utilizar uma arma de choque para imobilizar Paulo Tácio Gentil, que resistia a prisão. Ele foi encaminhado para a Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal (Deajec), no bairro Minas Brasil.



O fato aconteceu por volta das 11h30. De acordo com a Guarda Municipal, estava com um facão em mãos e ameaçava os pedestres. Ele exigia a presença das “forças armadas e da Polícia Federal”. Os guardas foram para o local e conversaram com Paulo, que resistiu se entregar.

Em um vídeo que mostra a ação dos guardas, Paulo aparece discutindo com os agentes com o facão na mão esquerda. Em alguns momentos, ele gesticula e balança a arma branca de um lado para o outro. Como ele resistia soltar o objeto, foi preciso utilizar um dardo que emite descarga elétrica para imobilizá-lo.

Depois de cair no chão, os guardas conseguiram pegar o facão. Além disso, uma porção de maconha foi encontrado com o homem. Ao ser questionado, Paulo alegou que vive nas ruas há mais de 40 anos. Ele foi conduzido para a Deajec e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por posse e uso de droga e desacato a autoridade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade