Publicidade

Estado de Minas

Júri de jovem alcoolizado que matou criança atropelada com cavalo de pau em BH é adiado

Segundo o Fórum Lafayette, perícia no carro do réu ainda não foi anexado no processo. Vítima do atropelamento tinha apenas dois anos


postado em 31/07/2017 12:50 / atualizado em 31/07/2017 12:55

A Justiça adiou o julgamento que aconteceria hoje do jovem Lucas Alexandre Dias Pelli, de 23 anos, no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte. Ele é acusado da morte da garota Anna Victorya Dias dos Santos, que tinha dois anos em 23 de dezembro de 2012, pois, segundo a denúncia do Ministério Público, estava alcoolizado e em alta velocidade quando provocou uma manobra conhecida como "cavalo de pau" e matou a criança atropelada.

O crime aconteceu na Rua Isabel Alves Martins, no Conjunto Celso Machado, Bairro Serrano, na Região da Pampulha, e vai completar cinco anos no fim de 2017. De acordo com a assessoria de imprensa do Fórum Lafayette, o júri popular pelo homicídio doloso da criança foi adiado porque ainda não foi anexado ao processo uma perícia do carro do rapaz, que tinha 18 anos quando cometeu o crime.

O juiz oficiou o Instituto de Criminalística da Polícia Civil para que a perícia seja anexada em 60 dias, e, depois disso, marcada nova data do julgamento. Além de matar a criança, Lucas também deixou a mãe dela, Marta Priscilla Duas Camilo, ferida após a manobra imprudente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade