Publicidade

Estado de Minas

Casamento comunitário reúne mais de 1 mil casais nesta sexta-feira no Mineirinho

Evento foi promovido pela Defensoria Pública de Minas Gerais. Banda da Polícia Militar também participa da cerimônia com a marcha nupcial


postado em 23/06/2017 11:21 / atualizado em 23/06/2017 12:21

Ver galeria . 10 Fotos Casais de todas as idades aproveitaram a oportunidade para realizar o sonho de constituir uma famíliaPaulo Filgueiras/EM/D.A.Press
Casais de todas as idades aproveitaram a oportunidade para realizar o sonho de constituir uma família (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press )

Mais de 1 mil casais realizam, na manhã desta sexta-feira, o sonho do casamento, de papel passado e com direito a marcha nupcial tocada pela banda da Polícia Militar de Minas Gerais. Pela segunda vez a Defensoria Pública organiza em Belo Horizonte o casamento comunitário.

Os casais passaram pelo tapete vermelho montado no Ginásio do Mineirinho, na Região da Pampulha, e ainda vão receber bençãos religiosas antes de trocarem as alianças e declararem o amor eterno. Noivos e noivas que participam do evento ficam isentos do pagamentos das taxas de cartório para oficializar o matrimônio, que giram em torno de R$ 500 a R$ 600, segundo a defensora pública Tifanie Avellar Carvalho, que é coordenadora de Projetos e Convênios da Defensoria Pública de Minas.

 

"Fizemos várias parcerias para viabilizar o evento e hoje os cartórios estão aqui com a documentação pronta pra entregar aos casais", afirma a defensora. O casamento já seria motivo de festa para o casal Leonardo Amaral Pereira, de 35 anos, e Miriam Roberta Amaral, de 31.

(foto: Jair Amaral: EM/DA Press )
(foto: Jair Amaral: EM/DA Press )

Porém, os dois comemoram de maneira tripla nesta manhã, porque Leonardo faz aniversário hoje e a filha mais nova do casal que está junto há 13 anos tem apenas 5 dias de vida. "Hoje temos que fazer um churrasco mais tarde para comemorar isso tudo", brinca Leonardo. "O casamento de papel passado era um sonho", diz Miriam.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade