Publicidade

Estado de Minas

Mulher mata o companheiro durante briga por cortes de água e luz

Segundo a Polícia Militar, a autora culpou a vítima pelo problema e utilizou uma faca para cometer o crime, que ocorreu na noite deste sábado


postado em 04/06/2017 09:18

A falta de dinheiro levou uma mulher a matar o companheiro com uma facada no Conjunto Taquaril, Região Leste de Belo Horizonte. Karina Trindade Kofken, de 27 anos, ficou irritada porque Hebert Xavier, de 44, não evitou que a água e a luz fossem cortadas, por atraso no pagamento das contas, e utilizou uma faca para feri-lo durante uma discussão. O homem morreu em decorrência de um ferimento no peito.

Presa em flagrante, a mulher assumiu a autoria do crime, que ocorreu dentro da residência do casal, na Rua São Carlos. De acordo com a Polícia Militar, Karina chegou do trabalho, na noite deste sábado, e soube que o proprietário do imóvel havia solicitado a interrupção do fornecimento dos serviços da Copasa e Cemig. Isso porque os inquilinos estavam devendo aluguel.

Logo começou uma discussão entre o casal. No boletim de ocorrência, consta um relato detalhado da autora. Karina disse aos militares que brigou com o companheiro porque ele não pagou acertou o aluguel com o locador, o que teria impedido os cortes de água e energia elétrica. Durante a briga, o homem teria xingado a mulher e até lhe dado um soco no rosto.

A reação de Karina foi se armar com uma faca e atingir Hebert no peito. O homem chegou a ser levado para o Hospital João XXIII, mas não resistiu ao ferimento. Já a autora recebeu atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leste e, em seguida, foi apresentada ao delegado da Central de Flagrantes (Ceflan) I.


Publicidade