Publicidade

Estado de Minas

Presa quadrilha responsável por série de roubos no Belvedere

Região tem sido alvo constante de assaltantes de carros


postado em 29/04/2017 14:39 / atualizado em 29/04/2017 14:41

Presos têm extensa ficha criminal, segundo a Polícia Militar(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Presos têm extensa ficha criminal, segundo a Polícia Militar (foto: Divulgação/Polícia Militar)

(foto: Divulgação/Polícia Militar)
(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Quatro homens foram presos na madrugada deste sábado, suspeitos de integrarem uma quadrilha que roubava carros no bairro Belvedere, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), Amauri Rocha, de 27 anos, Jonathan Henrique dos Santos, de 22, Thales Alexandre de Jesus, 21 e Ulisses Henrique Moreira, 38, tinham vasta ficha criminal e foram reconhecidos pelas vítimas.

O grupo foi abordado pela PM na noite de ontem, no Anel Rodoviário, depois de fazer uma nova vítima na região do Belvedere, levando com eles um celular, R$ 328 em dinheiro e um Toytota Etios preto. A polícia deu o sinal de parada, mas o bando não obedeceu e conseguiu fugir. A perseguição só chegou ao fim quando o criminoso que dirigia o veículo bateu em um muro, já no bairro Ermelinda, Região Noroeste de BH.

O carro e os pertences da vítima foram recuperados, e os autores presos. Com a quadrilha, também foram apreendidas uma réplica de pistola e uma espingarda de pressão.

Uma das vítimas da quadrilha, que não quer se identificar, conta que teve o carro roubado na última quinta-feira, por volta das 20h30, quando passava entre a Avenida Luis Paulo Franco e a rua Jornalista Djalma Andrade, no Belvedere. Ele diz que o grupo agiu de forma violenta, apontando uma arma para a cabeça dele. "Como eu estava sozinho, não tive dificuldades em descer do carro, mas não sei qual seria minha atitude se estivesse com meus filhos", relatou.

A região tem sido alvo constante de roubos de carros e segundo o morador, somente na última quarta-feira quatro carros foram roubados da mesma forma. A PM disse que o policiamento foi reforçado na região e que, com a prisão da quadrilha, espera que os moradores tenham "um pouco de paz".


Publicidade