Publicidade

Estado de Minas

Preso advogado acusado de espancar ex-namorada em Belo Horizonte

Justiça decretou prisão preventiva do homem depois que policiais constataram que ele tem histórico de violência doméstica. Demétrio Mattos justificou o ato afirmando ter problemas de alcoolismo


05/04/2017 17:35 - atualizado 05/04/2017 22:19

A Polícia Civil prendeu preventivamente o advogado Demétrio Antônio Vargas de Mattos, de 45 anos, acusado de espancar a auxiliar de escritório Kely Loyola Pereira, de 41 anos, ex-namorada dele, no Bairro Buritis, Oeste de Belo Horizonte. Ele foi detido em cumprimento de ordem judicial, no fim da manhã desta quarta-feira, na Avenida Álvares Cabral, no Centro, nas proximidades da casa de sua mãe.


A delegada responsável pelo caso, Amanda de Menezes Turty, da Delegacia Especializada de Crimes contra a Mulher do Barreiro, disse que o acusado tem histórico de violência doméstica, o que pesou para o pedido de prisão preventiva, acatado pela Justiça. “Ele já tinha passagem em 2014 por agredir uma namorada que decidiu romper o relacionamento”, afirmou a policial.

Demétrio não apresentou sua versão sobre a denúncia de agressão de sua ex-namorada, ao ser ouvido oficialmente na delegacia, preferindo usar de seu direito de se manifestar somente em juízo. Porém, na saída da unidade policial, a caminho do Ceresp, onde vai ficar preso, ele disse que tem problema com alcoolismos e que, constantemente, tem recaídas. “Jamais teria feito o que fiz, não fosse esse problema, que é um disparate. Já briguei com homens, policiais. É um problema que eu tento vencer”, justificou.

Na avaliação da advogada da vítima, Isabel Araújo, a alegação de alcoolismo é uma tentativa de amenizar sua culpa.

RB


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade