Publicidade

Estado de Minas

Ufop desenvolve selo que indica a qualidade da carne de frango

Em contato com o produto, a etiqueta vai apontar, com uma carinha feliz ou triste, se ele é próprio ou impróprio para o consumo. Ainda não há previsão para lançamento no mercado


postado em 21/03/2017 18:08 / atualizado em 21/03/2017 21:39

Um selo que indica a qualidade da carne de frango está sendo desenvolvida dentro dos laboratórios da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Quando colocada em contato com a carne, a etiqueta aponta, com uma carinha feliz  ou triste, se o produto é próprio ou impróprio para o consumo. O marcador está em fase laboratorial, sem previsão de prazo para lançamento no mercado.


Segundo a cientista responsável pela pesquisa, Marcella Rocha, a etiqueta é capaz de monitorar os níveis de frescor da carne de frango. Com uma carinha feliz, o selo indica qualitativamente que o alimento está bom e quando está ruim, a carinha fica triste. Marcella informou que ainda estão sendo estudadas maneiras de expandir o selo para atestar outros tipos de carnes e alimentos.

"Estamos buscando parceiros que queiram promover a saúde alimentar para começar a fabricar a etiqueta. As matérias-primas utilizadas  podem estar em contato com o alimento, mas ainda não são certificadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Trabalhamos com técnicas de impressão inovadoras, não tóxicas e de baixo custo", afirmou a cientista. O custo da unidade varia de R$ 0,02 a R$ 0,05.

 

RB

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade