Publicidade

Estado de Minas

Quase duas toneladas de carne impróprias para consumo são apreendidas na MG-171

Os produtos foram encontrados durante uma blitz em Bom Despacho, no Centro-Oeste de Minas


postado em 14/11/2013 15:29

(foto: Instituto Mineiro de Agropecuária)
(foto: Instituto Mineiro de Agropecuária)

Quase duas toneladas de carne bovina e suína inapropriadas para o consumo humano foram apreendias nesta quinta-feira em Bom Despacho, no Centro-Oeste de Minas. Ao todo, foram destruídas cerca de 50 carcaças de animais.Os produtos foram encontrados durante uma blitz na MG-171, realizada pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), com o apoio da Polícia Militar Rodoviária.

(foto: Instituto Mineiro de Agropecuária)
(foto: Instituto Mineiro de Agropecuária)
O material estava armazenado em um caminhão, com temperatura muito superior à recomendada. O certo seria que a carne estivesse sendo refrigerada à 8ºC, mas a temperatura dentro da caçamba era de mais de 16º.

O produto teria saído de Pará de Minas e seria comercializado em Bom Despacho. O motorista do caminhão e dois ajudantes foram apreendidos, ouvidos e liberados. A empresa responsável foi notificada. Além da carne, também foram destruídos aproximadamente 120 quilos de produtos lácteos e 50 quilos de queijos impróprios para o consumo. Os produtos foram inutilizados com creolina e enterrados no aterro sanitário de Bom Despacho.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade