Publicidade

Estado de Minas

Arma transformada em submetralhadora por kit é encontrada no Centro-Sul de BH

A venda do Kit Glock é proibida no Brasil e o conjunto é proveniente de contrabando


postado em 15/03/2017 17:33 / atualizado em 15/03/2017 22:21

Arma apreendida tinha mira laser(foto: Polícia Militar / Divulgação)
Arma apreendida tinha mira laser (foto: Polícia Militar / Divulgação)

Uma pistola de 9 milímetros transformada, por meio de uma capa, em submetralhadora com mira laser, foi encontrada por militares na Vila Fazendinha, próximo ao Hospital da Baleia, no Aglomerado da Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na tarde desta quarta-feira. A corporação informou que a comercialização do Kit Glock é proibida no Brasil e o conjunto é proveniente de contrabando.

Segundo o tenente Mauro, do Grupo Especial de Policiamento de Área de Risco (Gepar), do 22º Batalhão da Polícia Militar (PM), houve uma denúncia anônima de que armas e drogas estariam escondidas em uma casa de três andares no Vila Fazendinha. Ao chegar ao endereço indicado, os policiais encontraram o imóvel aberto e somente o dono da casa estava presente. Ele informou que aluga os dois andares superiores para um jovem.

O homem contou à PM que o jovem saiu pouco antes de os policiais chegarem, o que indica que alguém poderia ter avisado sobre a subida deles. No imóvel, o proprietário passou a identificação do locador para a polícia após a arma incrementada ter sido encontrada. Nenhuma droga foi localizada. Acoplado à pistola, o kit potencializa a arma, que é de calibre equivalente aos usados pelos militares. De acordo com Mauro, o kit Glock é de origem norte-americana ou paraguaia.

 

 

RB

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade