UAI
Publicidade

Estado de Minas

Ministério da Saúde confirma 89 mortes por febre amarela no país; Minas tem 77 óbitos

Também foram registradas mortes no Espírito Santo e em São Paulo. O órgão ainda investiga 708 óbitos


postado em 17/02/2017 16:56 / atualizado em 17/02/2017 17:02

Dados sobre a febre amarela divulgados na tarde desta sexta-feira pelo Ministério da Saúde indicam que já foram confirmadas 89 mortes da doença no Brasil. Minas Gerais é líder disparado com o maior número de registros. Foram 77 no total. Também foram registradas mortes no Espírito Santo e em São Paulo. O órgão ainda investiga 708 casos.

O número de notificações já chegou a 1.258. Do total, 263 casos da doença foram confirmados. Novamente, Minas Gerais é que tem mais registros. São 225 confirmações, seguida do Espírito Santo, com 34, e São Paulo, com quatro. São investigados 882 casos e 113 foram descartados. Bahia, Tocantins e Rio Grande do Norte, já tiveram registros suspeitos da doença. Os casos estão sendo investigados.

Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde liberou R$ 8,9 milhões para intensificar as ações de imunização da população contra a febre amarela. Os novos recursos se somam aos R$ 7,4 milhões já autorizados na quarta-feira para Minas para cobrir despesas hospitalares e ambulatoriais. O montante servirá para auxiliar nas despesas emergenciais durante três meses, garantindo o atendimento a pacientes diagnosticados ou com suspeita de febre amarela. O valor será incorporado ao Teto de Média e Alta Complexidade (Teto Mac) dos municípios e do estado. Ele vai contemplar as cidades de Teófilo Otoni, Ipatinga e Caratinga.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade