Publicidade

Estado de Minas

Totem é instalado para contar bicicletas em ciclovia de Belo Horizonte

Equipamento que vai ficar na esquina das avenidas Bernardo Monteiro e Afonso Pena entrou em operação na tarde desta sexta-feira


postado em 01/07/2016 14:31 / atualizado em 01/07/2016 21:25

Números registrados pela equipamentos serão usados para projetos futuros(foto: Cristina Horta/EM/D.A Press.)
Números registrados pela equipamentos serão usados para projetos futuros (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press.)

Mais um incentivo para o uso da bicicleta será implantado em Belo Horizonte. Começa a funcionar na tarde desta sexta-feira na Avenida Bernardo Monteiro, esquina com a Avenida Afonso Pena, no Bairro Funcionários, Região Centro-Sul, um totem para contar o número de bikes que passam pelo local. A capital mineira é a segunda a implantar o equipamento no Brasil. O objetivo é mensurar quantas pessoas usam as magrelas para se deslocarem pela cidade.

Em apenas 45 minutos – das 14h às 14h45 –, o equipamento registrou 67 bikes. “O aparelho é muito sensível e só registra bicicleta, assim mesmo se o condutor passar com as duas rodas. O objetivo é estimular o uso do transporte e mostrar que ele está crescendo cada vez mais na cidade”, disse a coordenadora do Projeto Pedala BH, Eveline Trevisan, da BHTrans. O morador do Bairro Funcionários Rodrigo Veloso aprovou a implantação do contador: “Passo por aqui todos os dias e o equipamento vai mostrar que o transporte cresce na cidade”.

Os totens para contagem de bicicletas já são usados em outras cidades pelo mundo, como Nova Iorque e Paris. O equipamento detecta os tamanhos e formatos diferentes do meio de transporte nas duas direções. A contagem é feita em tempo real. As bikes são contabilizadas por meio de leitores magnéticos posicionados no solo onde a ciclovia está pintada. Em BH, os moradores poderão acompanhar os números no painel do totem, que vai exibir a passagem de ciclistas por dia, mês e ano.

As informações coletadas com o equipamento servirão para futuros projetos voltados para ciclistas na capital mineira. O totem foi doado pelo Banco Itaú, que também disponibilizou mais de 400 paraciclos que começaram a ser instalados pela cidade. Atualmente, são apenas 279. A previsão é de que os novos sejam implantados até novembro.

As ações fazem parte da campanha “BH tem espaço para todos. #respeiteabicicleta" que visa a incentivar o uso das magrelas nas ruas da capital mineira. Na última semana, foi liberado passeio por dentro do zoológico com as bikes. Foram instalados paraciclos para estacioná-las, com serviço gratuito. Será cobrada a entrada com mesmo valor de um pedestre.

 

(RG)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade