Publicidade

Estado de Minas

Empresa que fará manutenção dos abrigos de ônibus de BH é escolhida

Após adiamentos e suspensões da licitação, concorrência pública foi retomada no início do ano e empresa foi escolhida. Mais de 2,3 mil abrigos devem passar por reparos


postado em 29/03/2016 09:53 / atualizado em 29/03/2016 10:04

Diversos abrigos da capital estão com a cobertura destruída(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 21/11/2014)
Diversos abrigos da capital estão com a cobertura destruída (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 21/11/2014)
A novela da manutenção dos abrigos de passageiros de ônibus danificados em Belo Horizonte pode ter chegado ao fim. A BHTrans anunciou, nesta terça-feira, contratação da empresa escolhida para a prestação do serviço.

A concorrência pública nº 10/2015 havia sido adiada duas vezes, até que em janeiro a Prefeitura de Belo Horizonte retomou a licitação. O edital havia sido publicado em outubro do ano passado, mas por causa de impugnações e questionamentos apresentados por correntes aos termos do edital, sofreu atrasos. Na época, a BHTrans informou que a suspensão aconteceu “em função de pedidos de esclarecimentos sobre o edital, apresentados por duas empresas interessadas em participar do processo”.

A contratação da empresa foi publicada na edição do Diário Oficial do Município (DOM) de hoje. A vencedora é a D&C Ponto de Venda e Montagem de Painéis LTDA. Segundo a BHTrans, ela fará a recuperação de componentes dos abrigos danificados por vandalismo, acidentes, desgastes por ação do tempo, etc. Para isso, poderão ser substituídas peças avulsas ou troca integral do equipamento quando a recuperação não for possível.

“Os serviços estabelecidos no contrato englobam os 1.433 abrigos menores, cujo projeto foi criado pela BHTRANS com adaptação para calçadas estreitas; os 465 abrigos da Área Central e outros 433 iguais a estes localizados em corredores, e ainda os 42 do modelo diferenciado utilizados na Avenida Pedro II, contabilizando um total de 2.373 abrigos de passageiros”, explica a BHTrans, por meio de nota.

Após a formalização e assinatura do contrato, será emitida a ordem de serviço para que a empresa comece a trabalhar. A expectativa é de que esse trâmite dure cerca de 15 dias.

Ainda segundo a empresa de trânsito, a licitação para a implantação de 1,3 mil novas coberturas na área central e nos corredores da cidade ainda está em andamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade