Publicidade

Estado de Minas

SLU recolhe 379 toneladas de lixo no Carnaval de BH

Os funcionários da limpeza utilizaram 617 mil litros de água de reúso, originária de poços artesianos da Prefeitura, e cerca de 560 litros de desinfetante


postado em 10/02/2016 16:42 / atualizado em 10/02/2016 22:56

Vias de Belo Horizonte ficaram tomadas de lixo depois das passagens dos blocos(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Vias de Belo Horizonte ficaram tomadas de lixo depois das passagens dos blocos (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)

O carnaval de Belo Horizonte em 2016 atraiu 1,6 milhão de pessoas, 100 mil a mais do que o ano passado. Consequentemente, também houve aumento de sujeira nas ruas e avenidas por onde os blocos passaram. De acordo com a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) foram retiradas das vias 379 toneladas de resíduos durante os cinco primeiros dias de folia. Os dados foram divulgados na tarde desta quarta-feira.

Para deixar as ruas e avenidas prontas para receber novamente os desfiles e a alegria do público, mil profissionais, entre eles aproximadamente 300 garis, utilizaram 617 mil litros de água de reúso, originária de poços artesianos da Prefeitura, e cerca de 560 litros de desinfetante. Também foram desobstruídas 2.352 bocas de lobo. O entorno dos palcos especiais e as regiões Centro-Sul e Leste foram as que registraram as maiores concentrações de público, e consequentemente, de lixo.

Foram disponibilizados mais de 500 contêineres para lixo comum e materiais recicláveis, com capacidade para 240 litros de resíduos cada um. Além disso, 80 caminhões, entre compactadores, basculantes e pipas, foram utilizados. No Carnaval de 2015, foram recolhidos 370 toneladas de lixo, nove toneladas a menos do que este ano.

Somente no fim de semana de pré-carnaval a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) recolheu 90 toneladas de lixo das ruas das regiões Centro-Sul, Barreiro, Nordeste, Noroeste e Pampulha

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade